sábado, 30 de junho de 2012

Carta de resposta a um chamado para novo cadastramento de líderes.

Caro Irmão e Pastor......

Quero aproveitar para lhe informar que não tenho interesse em ser líder de célula. Ou melhor, nunca tive. Apenas fui líder por um período pois faltava irmãos e irmãs para servir ao Senhor, não só na lideranças de células, mas em outras funções na igreja.
Quero deixar claro que não é má vontade, mas que como MEMBRO eu posso funcionar melhor ou participar mais livremente como parte do corpo, no compartilhar e na comunhão com os demais nas reuniões de casa, e como LÍDER, já fico limitado pelas normas e regras da denominação, coisa que não concordo, mas tambem não vejo motivo para me dividir ou me separar dos irmãos. Ou seja, para mim é muito importante as reuniões de casa, a comunhão mais estreita com os santos, pois podemos assim participar mais das lutas, alegrias, vitorias e caminhada com os demais. Como é bom e agradável estar junto com os irmãos!

Gostaria que houvesse mais fé nos corações dos irmãos, no tocante a deixar Cristo realmente reinar nas reuniões, dando-lhe toda autoridade, honra, poder, força, gloria, que lhe são devidas como o único cabeça do corpo, no que diz respeito a LIBERDADE DO ESPIRITO SANTO PODER CONDUZIR AS REUNIÕES, pois na verdade ELE quer dirigir e controlar as reuniões da igreja, mas infelizmente ainda somos crianças ou desobedientes à palavra de Deus, pois deixamos que as instituições humanas falem mais alto [e não a palavra do SENHOR e o seu querer], definam os detalhes de uma reunião do corpo de Cristo, do inicio ate o final.
Quem sou eu, ou quem somos nós para dizer ou definir como deve ser realizada a comunhão da igreja de Cristo, quando nos reunimos em o nome do Senhor Jesus? Isto é muito sério, e cada um de nós, um dia irá prestar contas diante de nosso Cristo.
Se JESUS, pagou com seu sangue precioso, pelas nossas vidas, e nos resgatou da morte e do inferno, então devemos andar como igreja de Cristo, nos padrões como Ele quer e não como eu ou como os homens querem que sejam. Como posso definir uma semana antes de uma reunião da IGREJA DE DEUS, o que iremos falar, cantar, e ate nas casas levarmos regras e mais regras, que impedem uma intimidade maior da igreja com Cristo, pois as ordenanças tomam o lugar da pessoa do ESPÍRITO SANTO DE DEUS??
Caro irmão, ou conhecemos as escrituras ou não. Ou obedecemos as escrituras ou não. Ou damos plena liberdade para Deus agir livremente entre seus filhos OU NÃO.  
Como queremos ou esperamos ver avivamentos, curas, milagres, vidas transformadas, uma igreja contagiante, cheia do Espírito Santo, se Deus não pode LIVREMENTE andar, agir, realizar, operar, dirigir, controlar, dentro das nossas casas, dentro das nossas reuniões? 
Ate quando nos contentaremos com esse controle disfarçado, que toma o lugar do Deus? Ou deixamos o Espírito Santo agir com graça, leveza, poder, dando-nos a cada reunião o alimento, a palavra, a cura, o crescimento, o compartilhar, as orações, que vem do Cristo todo suficiente e poderoso ou continuaremos a pregar muitas coisas bonitas, mas sem efetivamente VIVE-LAS na sua plenitude.
Se alguem falar que eu estou falando besteira ou heresia, então acho que devemos rasgar nossas bíblias, pois a palavra de Deus é bem clara, é para os simples, é objetiva, e Deus já nos deu todo o recado em sua rica palavra.
      
Enfim irmão, por mim, eu não ousarei, nem impedirei que o Espírito Santo possa agir na minha vida e na vida dos irmãos. Eu não colocarei limites para meu coração e minha boca proclamar as verdades reveladas na palavra de Deus, e hoje escritas nos nossos corações. Eu não serei unânime com qualquer um ou qualquer instituição, em impedir a vontade e o avançar do mover de Deus na sua única e gloriosa igreja em toda a terra. 
Não deixarei de ir nas reuniões, pois é melhor estar nelas, ainda com restrições e controle, do que ficar em casa. É melhor assistir ao culto do que ficar em casa. 
Me perdoem minha sinceridade, mas não posso ficar calado, pois Deus me deu esse poder e direito de compartilhar a respeito da vida da igreja, pois sou seu filho e membro do corpo. Então importa a mim, tudo que importa a todos os meus irmãos e membros do mesmo corpo de Cristo. Então importa que eu fale o que Deus me mande falar e não me cale diante de qualquer coisa que venha ferir a palavra de Deus e sua glória. Se amamos a Cristo, mesmo que seja pequeno o nosso amor, tambem devemos amar, honrar e glorificar a palavra de Deus, diante de Deus e dos homens.  

Na comunhão do corpo de Cristo,
 
Daniel Prado Carneiro - 27.06.2012