domingo, 24 de junho de 2012

O CLAMOR PELO SANGUE DE JESUS


Parte I
E eles o venceram pelo Sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho; e não amaram as suas vidas até à morte.” Apocalipse 12:11
E por isso também Jesus, para santificar o povo pelo seu próprio sangue, padeceu fora da porta. Saiamos pois a ele fora do arraial, levando o seu vitupério.” Hebreus 13:12-13
O Sangue de Jesus é, sem duvida, o presente mais precioso que nosso Pai celestial deu à sua Igreja. Contudo muito poucos cristãos entendem o seu valor e virtude.
Os cristãos frequentemente cantam o poder do sangue. De fato, o hino da Igreja pentecostal é “Há poder, poder, poder milagroso no precioso sangue do cordeiro.” Mas a maioria dos crentes raramente ingressa no poder deste sangue.
Simplesmente não conhecemos o grande significado do sangue. Por exemplo: constantemente "invocamos o sangue" como um tipo de fórmula mística de proteção. Mas poucos cristãos podem explicar sua grande glória e benefícios.
Se eu lhe perguntasse o que "poder do sangue" significa, você poderia responder, "Significa que os meus pecados foram redimidos -- que estou livre do cativeiro da iniquidade -- que todos os meus pecados estão cobertos." Mas além do perdão, o que o sangue de Jesus Cristo significa para você? Poderia você explicar a mim, à sua família, a um colega de trabalho qual o valor e a virtude do sangue de Jesus?
Quero lhe dar um entendimento maior da preciosidade do sangue de Jesus -- e como pode realizar mudanças maravilhosas na sua vida!
O Clamor pelo sangue de Jesus é um dos meios de graça a disposição do crente para proteção, ou seja para estar livres de investidas do inimigo, para purificação “Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo seu filho, nos purifica de todo o pecado.” 1 João 1:7, e principalmente para estarmos em comunhão.
A Palavra Clamor dá idéia de suplica com instancia, empenho no pedir, pressa na resposta á súplica. Um Clamor para o servo que ora, que busca a presença de Deus é um pedido insistente, urgente. “ ...E Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a ele de dia e de noite, ainda que tardio para com eles? Digo-vos que depressa lhes fará justiça....” Lucas 18:3-8, ver também Hebreus 10:19-20
É um direito que temos de penetrar no santuário, pelo sangue de Jesus. “E a coberta de peles de carneiro tintas de vermelho, e a coberta de peles de teixugos, e o véu da coberta;” Êxodo 39:34 é o único meio capaz de esconder o servo da vista do adversário.
E através deste Sangue, devemos Clamar sempre no inicio dos cultos, no incio das reuniões, em qualquer lugar onde se reúna 1 ou 2 ou mais pessoas em nome de Jesus, individualmente, no lugar secreto da oração no lar, na escola, no trabalho diário, ao enfrentar momentos dificieis, antes de consultar a Palavra de Deus, ao deparar com pessoas oprimidas, em ambientes desfavoráveis.
Uma vez que o Clamor é um recurso forte e poderoso contra o inimigo, o bom soldado não deve abandona-lo nem 1 segundo. As escrituras nos revela que o clamor é constante, pois o verbo purificar: é de ação continua, isto é e continua purificando os nossos pecados. O Clamor não é um dever, o Clamor é a base, o fundamento sobe o qual se estrutura a nossa fé em toda a nossa vida cristã. Quando clamos o sangue de Jesus é como se dissemos ao Pai, Pai Santo olha pra mim e na tua presença vejo-me como uma coisa podre que se consome (JÓ 13:28) e sinto-me como nada e menos do que nada, sinto-me como realmente sou, indgno da tua presença, contudo alguém pagou por mim o direito de entrar no SANTO DOS SANTOS, a minha dívida também foi saldada por Ele e trago aqui a nota promissória onde escreveu “LIQUIDADA”, ai o Pai nos vê, nos ouve e atende e se revela.