quarta-feira, 29 de agosto de 2012

“Não devemos ingerir bebidas alcoólicas”

“Não devemos ingerir bebidas alcoólicas”, alerta Silas Malafaia 
 O pastor assembleiano escreveu em seu blog todos os motivos pelos quais não é lícito consumir essas bebidas.
 “Não devemos ingerir bebidas alcoólicas”, alerta Silas Malafaia
Em sua coluna no site Verdade Gospel, o pastor Silas Malafaia abordou um assunto bastante polêmico para os evangélicos brasileiros: o consumo de bebidas alcoólicas.
Na visão do líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo o cristão não pode ingerir esse tipo de bebida. Para justificar sua opinião, Malafaia lembra o que Deus disse a Arão, para advertir ao povo que o vinho e a bebida forte não deveriam ser consumidos.
“Fomos separados para Deus. Como reis e sacerdotes do Altíssimo, não devemos ingerir bebidas alcoólicas para não dar lugar à nossa carne e ao pecado. Além disso, em Provérbios 20.1, é dito que o vinho é escarnecedor, e a bebida forte, alvoroçadora; e todo aquele que por eles é vencido não é sábio”, escreve Malafaia.
Falando sobre os efeitos físicos dessas bebidas, o pastor lembra que o álcool compromete o reflexo, o bom senso e ainda prejudica a saúde. “Essa droga psicotrópica, que atua no sistema nervoso central, pode causar dependência e mudança de comportamento. Além da euforia e desinibição, ela provoca falta de coordenação motora, sono e descontrole”, alerta.
O pastor assembleiano sabe que há muitos cristãos, e até mesmo pastores, que argumentam a favor do consumo de bebidas alcoólicas. Muitos dizem que Jesus bebeu vinho e que então os cristãos também podem. “Jesus e os judeus, de um modo geral, bebiam um tipo de vinho que era resultante da fermentação natural do sumo da uva. Além disso, a questão não é poder ou não poder beber; é não dever”, ensina.
Resumindo seu ponto de vista, o ministro do evangelho que em 2012 completou 30 anos de ministério explica os motivos que os evangélicos não devem beber produtos com álcool. “Não ingerimos bebidas alcoólicas e condenamos essa prática, que pode levar ao vício do alcoolismo, trazer danos à saúde e aos relacionamentos, acarretando a destruição de vidas”.
noticias.gospelprime.com.br