quarta-feira, 29 de agosto de 2012

OS ENSINAMENTOS DE CRISTO


"E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações. E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos. E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum. E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração, Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar." -Atos 2:42-47
Aqui está o modelo que Deus nos deixou, e rodamos tanto de um lado pra outro enquanto a palavra já nos foi revelada com simplicidade e graça sobre graça.
Perseverar na doutrina dos apóstolos é guardar a Palavra de Cristo, a vida de Cristo e seus exemplos. Cristo não levou os pescadores para dentro de uma escola de teologia, para dentro da religião, mas tirou-os para fora. Ele não os fez escribas, sacerdotes, fariseus, mas pescadores de homens. 
Então a doutrina dos apóstolos é curar enfermos, expulsar demônios, alimentar as multidões aflitas tanto de pão como de pão. É proclamar que o reino de Deus já é chegado, pregar o arrependimento e salvação em Jesus. É orar constantemente caminhando entre vilas e aldeias. É expor o dedo apontado e o peso da religião que cega. É ser simples, puro, justo e cheio de compaixão pelos pecadores e aflitos. Cristo não veio para ficar nas sinagogas. Entrava nelas de vez em quando, para alerta-los e chamá-los ao arrependimento. A doutrina dos apóstolos era sair dos rituais, da lei, da religião e ir para as multidões sedentas de um novo evangelho da graça.
Se praticarmos essa doutrina de Cristo, certamente a comunhão e o partir do pão entre os irmãos será suave, alegre, natural, cheio de vida e amor fraternal. As orações serão o reflexo da grande gratidão, gozo, desejo de ter mais de Deus e alegria pelo frutos colhidos nos caminhos que Cristo percorreu.
O resto, tudo mais, temor, milagres, convivência, generosidade, perseverança, caminhar unânime na alegria e singeleza de coração, é fruto de guardar os ensinamentos de Cristo e andar após Ele.
Certamente ao praticarmos esses princípios de simplicidade, alegria e amor, que Jesus nos ensinou, o nosso louvor chegará até os céus e o evangelho de Cristo se propagará como um aroma suave, que atrairá para a igreja os escolhidos e eleitos de Deus, cumprindo assim os propósitos de Deus.

“E Jesus lhes disse: Vinde após mim, e eu farei que sejais pescadores de homens.” - Mc 1:17

-Daniel Prado Carneiro – 20.08.12