segunda-feira, 13 de agosto de 2012

VISÃO E VIVER


Há um só corpo e um só Espírito, como também fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação;
um só Senhor, uma só fé, um só batismo;
um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos.
Mas a cada um de nós foi dada a graça conforme a medida do dom de Cristo.
Por isso foi dito: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro, e deu dons aos homens.
...a despojar-vos, quanto ao procedimento anterior, do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano; a vos renovar no espírito da vossa mente; e a vos revestir do novo homem, que segundo Deus foi criado em verdadeira justiça e santidade. Pelo que deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo, pois somos membros uns dos outros. Efésios  4:4-8 e22-25
Olhando para as advertências sobre a unidade do corpo de Cristo, descritas por Paulo em Efésios capítulo quatro.
Aqueles que ficaram num deslumbre, como buscar bênçãos, como vemos hoje na plenitude da decadência, pararam no tempo, enquanto outros que não viviam de visões, mas do viver simples e cheio de alegria, foram alem de uma visão, seguindo sim o mover do Espírito de Deus, por onde o rio os levava, sem esforços e divisões.
Ou pregarmos a Palavra de Deus, ou seguimos doutrinas de homens e comércio da Palavra de Deus.
No livro de Daniel vemos os impérios desmoronando, mas ainda o engano persiste como no regime papal, anulando a rica coletividade e participação do corpo de Cristo, pela cegueira da arrogância e individualismo, que domina as mentes daqueles que perderam o viver e ficaram na mesmice da visão. Não podemos ficar pregando o resto da vida que Cristo nasceu dentro de nós, mas sim viver na graça que ele nos concedeu e ensinou.
O fogo já começou a queimar toda mentira colocada sobre a pedra angular. A igreja volta a reunir nas casas. Toda religião e controle humano que tenta tomar o lugar de Cristo está caindo, pois há um só Rei e Senhor no reino de Deus. A igreja precisa estar alicerçada em Cristo e sua palavra para chegar ao seu alvo. Temos que estar revestidos da palavra e de seu poder.
Décadas se passaram e muitos ainda insistem em viver no passado, cegos pela doutrina de homens e astucia do inimigo. É tanto absurdo que não podemos nem falar, pois continuam lá trás, escravos de visões e doutrina de homens, e longe do viver e da visão que vem do Espírito, que é Cristo e a Igreja e não o Homem e a igreja.
No final do livro de Daniel vemos um homem sobre o rio, com vestes brancas, e dois anjos, um em cada margem do rio. Deus exaltou seu filho, colocando-o sobre o rio da sua soberania, com autoridade e poder, conduzindo e convergindo todas as coisas em si mesmo. Cristo já venceu todos os impérios humanos, dominações humanas e espirituais. 
Todo o engano já caiu com a pequena pedra que derruba a grande estátua do poder fora de Deus. Apocalipse confirma nossa vitória.  Venha a nós o teu reino.
E nós, estamos olhando para o que? Para estátuas, reinos, regimes religiosos e políticos, para chifres e anti-cristo, ou estamos descansando no mover deste rio que sai do santuário de Deus, que salva e restaura todas as coisas?
Estamos ainda pregando o óbvio que nunca enganou os simples ou estamos vivendo a dinâmica vida da igreja, onde Cristo é o Senhor e o Espírito Santo percorre toda a terra através do mover que completa e sela toda a palavra de Deus?
Estamos pregando a Palavra que reflete a gloria de Deus, onde todo controle humano se envergonhará diante da majestade de Cristo, ou ainda estamos pregando doutrinas, divisões, visões e comércio miserável da preciosa palavra de Deus?
Agora não dá mais para brincar de ser deus. Babilonia já caiu diante do Senhor e seu poder, e os que guardaram a Palavra e não negaram o seu nome vencerão e herdarão todas as coisas com Cristo Jesus, o Senhor.  
“Portanto, ninguém se glorie nos homens; porque tudo é vosso; Seja Paulo, seja Apolo, seja Cefas, seja o mundo, seja a vida, seja a morte, seja o presente, seja o futuro; tudo é vosso, E vós de Cristo, e Cristo de Deus.” - 1 Co. 3:21-23
“Porque Deus não é Deus de confusão, senão de paz, como em todas as igrejas dos santos.” - 1 Co. 14:33
“E sujeitou todas as coisas a seus pés, e sobre todas as coisas o constituiu como cabeça da igreja, Que é o seu corpo, a plenitude daquele que cumpre tudo em todos.” – Ef. 1:22-23

Irmãos, as palavras às vezes são duras, mas peço desculpas, pois não sou eu que devo abrir os olhos de tantos irmãos, mas sim Deus através do Espírito Santo. Às vezes somos precipitados e acabamos errando, assim como era o apóstolo Pedro.
Se alguns estão a décadas completamente convictos que só há um lugar correto para reunir e tomar a ceia e que os demais estão fora do mover ou como dizem, da economia de Deus, então de nada adiantará eu ou que outros irmãos escrevam ate um livro, se Deus não tocar o coração, pois em não quero afastar irmãos e sim orar por eles e amá-los assim como Cristo ordenou, pois muitos queridos irmãos e irmãs conheço há muitos anos, desde a década de 80. Já basta tantas divisões e sofrimentos que estes já passaram nestes últimos anos no Brasil e no exterior. As exortações tem que ter um aval de Deus, senão acaba piorando em vez de ajudar. 

Já basta a palavra muito séria na carta a igreja de Laodiceia, dirigida a todos os cristãos, onde Jesus diz o seguinte:

Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e roupas brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas. Eu repreendo e castigo a todos quantos amo; sê pois zeloso, e arrepende-te.  

Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo. 

Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas. – Ap, 3:18-20,22

AUTOR DESCONHECIDO.