“Também o reino dos céus é semelhante a um tesouro escondido num campo, que um homem achou e escondeu; e, pelo gozo dele, vai, vende tudo quanto tem, e compra aquele campo. Outrossim, o reino dos céus é semelhante ao homem, negociante, que busca boas pérolas; e, encontrando uma pérola de grande valor, foi, vendeu tudo quanto tinha, e comprou-a.” - Mateus 13:44-46

A vida do homem que se deleita em Deus, é como dos homens destas parábolas, que após achar um tesouro escondido no campo ou uma pérola de grande valor, e pela alegria do tesouro encontrado, vão e vendem tudo o que tem e compram aquele campo ou aquela pérola.

Enquanto a palavra de Deus e sua presença incomparável, não for nossos tesouros insondáveis, riquíssimos e profundos, então nossa vida ainda estará sem direção, sem sentido e estaremos mesmo que abastados, profundamente empobrecidos. Quando descobrimos o valor da palavra de Deus para nós, é como esse tesouro no campo. O valor não esta no campo, por maior que ele seja, mas no tesouro. Podemos ter todos os tesouros, campos e mais campos, mas se não acharmos o verdadeiro tesouro escondido de Deus, então de nada adiantará as nossas posses e riquezas que conquistamos. Cristo perguntou, “de que vale o homem ganhar a vida inteira e perder a sua alma.” Voce não precisa do mundo inteiro, mas só de Deus dentro de você. Voce precisa encontrar essa pérola de grande valor, que é Cristo morando dentro de nós eternamente.

Então quando Cristo diz que nas duas parábolas aqueles homens venderam todas as suas coisas para comprar o tesouro encontrado, simboliza exatamente que tudo o que nós temos, passa a não ter mais o valor que pensávamos que tínhamos, mas sim o tesouro encontrado no campo, a pérola, que nasceu no meu coração para a vida eterna, passa a ser tão somente todo o meu tesouro. Então tudo o que temos, perde naturalmente o brilho em si mesmo diante de tal grandeza e tesouro encontrado. Tudo que amontoei a vida inteira, tudo que consegui, tudo que Deus me concedeu, agora é somente uma embalagem para guardar tamanha riqueza da graça de Deus.

Que seja assim Senhor, uma grande alegria, quando vamos ler e meditar na tua palavra, quando paramos para orar, ouvir a sua voz, quando estamos com a tua igreja, quando caminhamos agora livres de todo peso e engano, mas cheios de gozo no coração, pois agora tudo que tenho te entreguei, para ter somente a ti, minha pérola de grande valor, meu tesouro e eterna salvação.

Daniel Prado Carneiro - 25.09.2012