segunda-feira, 8 de outubro de 2012

CONHEÇAMOS E PROSSIGAMOS EM CONHECER AO SENHOR


“Vinde, e tornemos ao Senhor, porque ele despedaçou, e nos sarará; feriu, e nos atará a ferida. Depois de dois dias nos dará a vida; ao terceiro dia nos ressuscitará, e viveremos diante dele. Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor; a sua saída, como a alva, é certa; e ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra.” - Oséias 6:1-3

Não podemos cair nas ciladas do inimigo, quando nos diz que não estamos preparados para desfrutar e servir ao Senhor com os talentos que o Espírito nos concedeu. Se crermos nessa mentira e pararmos, como proclamaremos o grande amor de Cristo ao mundo? No texto acima, Oséias profetiza – “Voltem para mim, mesmo que vocês estejam despedaçados, EU mesmo sararei e atarei as suas feridas.”  
Não será por meu esforço que meus filhos se voltarão para Deus, que minhas finanças fiquem equilibradas, que minhas falhas sejam eliminadas, que meu casamento encontre a harmonia e perfeição, que os irmãos se calem diante de Deus em submissão e temor. Não, isso é mentira do inimigo. Deus nos chama como estamos, “para nos conceder sua vida e seu poder de ressurreição, e assim vivermos diante dele.” (6:2) Este é o evangelho da graça!
O que o Senhor disse para aqueles que achavam que para seguir o Senhor, precisavam arrumar toda sua casa, sua vida para depois segui-lo? “Jesus, porém, disse-lhe: Segue-me, e deixa os mortos sepultar os seus mortos.” (Mt.8:22)  O evangelho de Cristo é igual ao que Oséias pregou. “E qualquer que não levar a sua cruz, e não vier após mim, não pode ser meu discípulo.”(Lc.14:27) Se você quiser seguir os conselhos do inimigo, então você se tornará o coveiro das suas próprias decepções e fracassos. Ficará aprisionado na morte de suas preocupações e ansiedades, por querer por si mesmo ser justo e digno de caminhar com Cristo. 
Caminhemos para frente, para o alto, sigamos a voz interior da alegria e da paz do Espírito, que nos leva após o Senhor. “O Senhor não veio chamar os justos, mas sim, os pecadores ao arrependimento.” (Lc.5.32)  Se não mudarmos nossa atitude e caminharmos firmes na fé em Jesus, então estacionaremos na mentira, querendo endireitar nossas vidas e as feridas ficarão abertas. O Senhor conhece a nossa real situação. Outros ficaram pelo caminho, entristecidos, machucados, valorizando demais seus melindres, por olhar os escândalos, olhar para as feridas, feitas pelo “irmão chicote” ou pela “irmã limão no corte”, (que é a esposa do irmão chicote) ficando trancados em si mesmos e na amargura de seus corações feridos.
Sejamos fiéis e voltemo-nos humildemente para o Senhor, para “Então conhecermos, e prosseguirmos em conhecer ao Senhor”. Todas as demais coisas, entreguemos nas mãos dele. Ele cuidará de cada uma delas. Apenas voltemos de todo nosso coração ao Senhor, então experimentaremos das bênçãos infindas do Senhor, pois “a sua saída, como a alva, é certa; e ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra.”

Daniel Prado Carneiro - 06.10.12