quinta-feira, 11 de outubro de 2012

O SENHOR É O MEU PASTOR

O Senhor é o meu pastor, nada me faltará”. Salmos 23:1
O propósito do Senhor sempre foi e sempre será cuidar da vida do homem e tê-lo junto de si. O salmista apresenta o Senhor Jesus como pastor. Mas quais são as características de um pastor?
O pastor: - Conhece e zela por cada uma de suas ovelhas – O Senhor conhece a cada um de nós. Somos todos contados para Ele (parábola da ovelha que se perdeu).
- Vai à frente, para ver se o terreno é firme para a passagem de seu rebanho – O Espírito Santo vai à frente da Igreja, mostrando-lhe o caminho seguro.
- Corrige a ovelha quando ela sai do caminho – O Espírito Santo aconselha, exorta e orienta a Igreja a andar no caminho da revelação.
- Cuida das feridas da ovelha quando ela se machuca – Pelas pisaduras de Jesus fomos sarados.
- Conduz suas ovelhas a um aprisco seguro onde possam descansar – O Senhor que conduzir o homem para a eternidade, onde encontrará o verdadeiro descanso.
Enfim, o pastor se agrada em cuidar e apascentar suas ovelhas e levá-las a um aprisco. O desejo do Senhor Jesus é apascentar a vida do homem e guiá-lo para a eternidade.
Existem pessoas que já desfrutaram dos benefícios de estarem na presença do Senhor, mas se afastaram de Deus, preferindo caminhar no mundo. Quando, em sua intimidade, lembram-se do tempo em que estavam caminhando sob o cuidado do Senhor e da situação em que se encontram, choram amargamente.
Pedro foi um dos discípulos que teve experiências mais marcantes com Jesus, mas, após negar o Senhor Jesus três vezes, a palavra diz que, quando seus olhos fitaram os olhos do Senhor, Pedro chorou amargamente.
Para as pessoas que se encontram nessa situação, O Senhor foi o meu pastor.
Por outro lado, algumas pessoas já têm recebido o chamado do Senhor e desfrutado de suas bênçãos, mas relutam em ter um compromisso com Deus, dizendo: “ainda é cedo” ou “ainda sou muito novo”.
A palavra fala do jovem rico que perguntou a Jesus o que deveria fazer para herdar o reino dos céus. Quando Jesus lhe respondeu que era necessário vender tudo o que possuía e segui-lo, o jovem entristeceu-se e se afastou, mostrando claramente que não estava disposto a ter um compromisso com o Senhor.
Para essas pessoas, O Senhor será, ou poderá vir a ser o meu pastor.
Talvez você que está na igreja hoje esteja enquadrado em uma dessas situações. Mas hoje Jesus está presente na Igreja para que você possa tomar uma posição e dizer: O Senhor é o meu pastor.
Ele quer ser o seu pastor hoje, quer conduzi-lo a pastos verdejantes, a águas tranqüilas.
Deus não olha para o passado, nem para a indecisão de até então. Se você quiser declarar hoje que o Senhor é o seu pastor, Ele vai apascentá-lo e levá-lo a um aprisco seguro, cuidando de sua vida até a eternidade.