quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Redimido com o sangue

Em 1º Pedro 1:18 lemos: ―Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais, mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado. 

O ouro e a prata não podem redimir nossas almas. Como procurei mostrar, tínhamos a vida perdida. A morte tinha entrado no mundo com o pecado, e não existia nada, exceto o sangue, que poderia fazer expiação pela alma. Portanto, diz Pedro ―Não sois redimidos com prata e ouro. Se o ouro e prata pudessem nos redimir, não crêem que Deus teria criado milhões de mundos cheios de ouro? Teria sido bastante fácil para Ele. Mas não somos redimidos com essas coisas corruptíveis, mas sim com o sangue precioso de Cristo. A redenção significa ―ser comprado de novo; e nós nos tínhamos vendido por nada, e Cristo nos redimiu, nos comprou outra vez.―Como posso ser salvo, você pergunta? Aceite ao Redentor, ao Senhor Jesus Cristo, e descanse em Sua obra consumada. Quando Cristo no Calvário disse ―Está consumado, esse grito foi do Vencedor. Ele tinha vindo para redimir ao mundo, e então o tinha feito, e feito sem preço de dinheiro! E Seu grito ao mundo ressoa ao longo dos tempos: ―A todos os sedentos, vinde as águas, e aos que não tem dinheiro: Vinde, comprai e comei. Sim, vinde, comprai e sem preço, vinho e leite.
Faz alguns anos um amigo meu ia pregar em um domingo, quando eu e ele vimos a um jovem numa carruagem diante de nós. Uma senhora de idade o acompanhava:
―— Quem é esse jovem? perguntei a meu amigo.
―— Vê esse bonito prado e essa terra, mas alem, com a casa que está nela?
―— Sim lhe contestei.
―— O pai desse jovem o perdeu tudo com a bebida... Meu amigo contou-me a história toda. O pai era um bêbado que dilapidou a propriedade e tinha deixado a esposa num asilo.
―— Esse jovem, seu filho, foi a trabalhar, ganhou dinheiro e regressou para comprar a casa e a terra. Agora vive com sua mãe na casa e a leva a igreja.
Penso que essa é uma boa ilustração para mim. O primeiro Adão, no Éden, nos vendeu por nada – mas o Messias, o Segundo Adão, veio e nos resgatou, voltou-nos a comprar. O primeiro Adão nos levou a um ―asilo, por assim dizer – o Segundo Adão nos faz reis e sacerdotes para Deus. Isso é a redenção. Obtemos em Cristo o que perdemos em Adão e muito mais.
Os homens vêem o sangue de Cristo com desprezo, porem logo chegará o dia em que os homens verão que o sangue de Cristo é mais valioso que todos os reinos da terra. Suponhamos que essa noite você precisam cruzar as portas da morte, e entrar pela borda do Jordão para atravessá-lo, sem esperança em Cristo. Supondo que você é um milionário, de que lhe serviria seus milhões? O sangue de Cristo seria para você mais valioso que toda a prata e ouro do mundo.

Dwight L. Moody