sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

A VOLTA DE CRISTO

 


Não deve nos preocupar quando será a segunda vinda de Cristo, mas como estará o brilho das nossas vestes de linho branco.
Não devemos ter medo da grande tribulação, pois como uma vacina divina, temos aprendido a vida inteira, a morrer para
toda ilusão e mentira, nesta transformação lenta da graça, onde nosso forte anseio e espírito já estão lá e não mais aqui. Nada temos a perder aqui, pois iremos caminhar nas ruas de ouro. Enfim, fomos crucificados e exaltados com Cristo, e vivemos agora para Deus.
Não é mais importante as taças da ira de Deus, do que nossas vestes lavadas no sangue precioso do cordeiro de Deus.
Me alegro sim, e muito, pela justiça e livramento que há de vir. Me alegro em ver a sua santa palavra se cumprir e seu glorioso nome ser exaltado diante de todas as nações.
Não quero saber quem é a Babilônia, quem é o pequeno chifre, quem é Gogue e Magogue, mas sim quero ouvir o cântico mais lindo do universo, que os redimidos cantarão no mar de vidro diante de Deus e do cordeiro.
Não me assusta a besta, o anti cristo, o dragão, o falso profeta e qualquer outra criatura, pois Jesus destruirá a todos pelo abrir da sua boca. Não me preocupa o numero ou marca da besta, mas importa que meu nome esteja escrito no livro da vida.
Nós vamos para o nosso amado salvador. Vamos para o lar.
Se o arrebatamento vai ser antes ou depois da grande tribulação, que fiquem preocupados os zombadores, hipócritas e mentirosos. Estamos escondidos em Cristo Jesus, num lugar onde nem bomba atômica pode destruir esta força de amor e fidelidade. Continuemos louvando, orando, caminhando na fé, proclamando as virtudes do Senhor, ate que ele venha.
Já estamos dentro da arca. O que temer? Tributemos glória e honra ao Senhor. “Exultemos perante sua face.” Tomai posição e marchai povo de propriedade exclusiva de Deus, para a vitória que já nos foi dada na cruz.

“Cantai ao SENHOR um cântico novo, porque fez maravilhas; a sua destra e o seu braço santo lhe alcançaram a salvação. O SENHOR fez notória a sua salvação, manifestou a sua justiça perante os olhos dos gentios. Lembrou-se da sua benignidade e da sua verdade para com a casa de Israel; todas as extremidades da terra viram a salvação do nosso Deus. Exultai no SENHOR toda a terra; exclamai e alegrai-vos de prazer, e cantai louvores. Cantai louvores ao SENHOR com a harpa; com a harpa e a voz do canto. Com trombetas e som de cornetas, exultai perante a face do SENHOR, do Rei. Brame o mar e a sua plenitude; o mundo, e os que nele habitam. Os rios batam as palmas; regozijem-se também as montanhas, Perante a face do SENHOR, porque vem a julgar a terra; com justiça julgará o mundo, e o povo com eqüidade.” - Salmos 98:1-9

- Daniel Prado Carneiro – 16.12.12