sábado, 1 de dezembro de 2012

GEAZI E A IGREJA MODERNA


I REIS 5:20,21,22 (Geazi é atacado da lepra)

Eliseu era um homem de Deus,um profeta do Senhor. Este tinha um ‘moço’,que era uma espécie de seguidor e aluno do profeta. Eliseu era já um homem experiente e de grande bagagem espiritual e,o que marcou seu ministério foi a “porção dobrada do Santo Espírito” sobre sua vida.
Já o moço de Eliseu,Geazi, era um rapaz inexperiente, e ainda sem profundidade espiritual.Seguia Eliseu, mas não era como Eliseu.
Eliseu é um tipo da Igreja Fiel ,experiente,cheia do Espírito Santo e virtudes espirituais e que anda na REVELAÇÃO. Geazi ,pelo contrário, é o tipo da igreja infiel,dos movimentos religiosos e “avivalistas”,é o tipo desse neopentecostalismo apodrecido em seus ventos doutrinários errantes.
Assim como Geazi, tais movimentos “cristãos” que citei acima,andaram com Eliseu,ou seja,conhecem a Palavra e a vontade de Deus, porem não as praticam a dão lugar para suas vaidades terrenas e pregam um cristianismo material e mundano (vão atrás das riquezas oferecidas por ‘Naamã’).

VAMOS AO TEXTO:

Neste texto, vemos a história de Naamã, um importante chefe sírio e muito estimado por seu rei. Por causa de uma lepra em seu corpo,procurou ajuda. Na busca pela recuperação,logo foi indicado ao profeta do Senhor (Eliseu) e, naquele ato que todos nós conhecemos,ficou são depois de mergulhar sete vezes no rio Jordão.
Num desejo de gratidão e de honra recuperada, Naamã ofereceu presentes valiosos e bastante  estimados em sua totalidade.
Eliseu como tinha já uma experiência com o Senhor, compromisso com o profético e com o reino de Deus, evitou logo as dádivas da Síria oferecidas por Naamã. Ele sabia que o abençoador não era ele (o homem), mas sim o Senhor Deus (digno de toda honra e que não precisa de dádivas humanas).
Esta atitude do profeta expressou louvor a Deus por reconhecer que ele não era DONO de nada , mas sim MORDOMO da virtude que Deus lhe confiou. Assim deve ser levada a OBRA que Deus tem nos confiado! O Evangelho é do Senhor e quem faz a OBRA é seu Santo Espírito, nós somos apenas instrumentos.Eliseu tinha essa mentalidade.
A Igreja que vai subir ao encontro de Cristo na glória tem o mesmo entendimento. Seu compromisso é com o espiritual.
Mas a posição de Geazi foi outra (II Rs 5;20):

“hei de correr atrás dele e tomar dele alguma coisa” !

Várias igrejas ,de vários rótulos (neopentecostais,pentecostais,renovados,do poder de Deus,do reino de Deus,do Fogo...da Água...da Tradicional, calvinista, arminiana,etc.) tem corrido atrás de Naamã hoje.
Naamã era um oficial, um príncipe sírio cuja nação era inimiga e visava a destruição de Israel.
A religião corre atrás e segue cegamente o inimigo que semeia em seus apriscos doenças doutrinárias e ambos abrasam a fraqueza e corrupção (geral) humana. Eles matam espiritualmente suas ovelhas e os induzem ao erro, à corrupção e à apostasia. E tudo isso da forma mais branda possível. Em suas atitudes materialistas e devoradoras de valores financeiros,destroem o povo que perece por não conhecer a cada dia as escrituras.
O povo quer Show! Quer movimento! Quer benção... ...compromisso...NÃO!
Hoje há igreja pra tudo! Para homossexuais,para os roqueiros,tatuados ,tribais,underground,etc. Ou seja: hoje há varias opções para os que não querem abandonar o pecado e viver a genuinidade do Evangelho de Cristo. Os Geazis estão correndo para esses lugares conforme o desejo de seus corações mundanos e materialistas,pois as dádivas do inimigo são muitas e vem direto da Síria !
Esta variedade eclesiástica e este inchaço que vivemos é um presente de satanás ,o príncipe dos caídos. Os lobos com peles de ovelhas desta última hora quem o diga !
O inimigo não veio para roubar ,matar e destruir ? Pois vejam ! Isso acontece com toda a brandura possível dentro de igrejas descompromissadas com o profético a com a santidade de seus membros. É o "presente"!
Desde o Antigo Testamento e também no inicio da Igreja Apostólica ,o adversário de nossa alma tem usado seus diversos meios para a nossa destruição. No inicio foi com espada e sangue,arena e leões , mas desde a união com o Estado Romano e a Idade Média,as táticas do inimigo mudaram. Agora é com filosofias (nada contra filosofia na qual eu também tenho formação), com idéias humanistas,racionalismo, relativismo,inovações doutrinárias,diversidade de adoração,mesclas (santo com profano) e a perversão da prosperidade teológica.
Geazi era um “moço” espiritual. Hoje em dia não existe a profundidade bíblica que havia a algum tempo atrás. As igrejas eram sólidas e firmes em sua posição cristã .
As Escolas Bíblicas Dominicais ensinavam a bíblia em sua totalidade e com ênfase no espiritual, os cânticos eram: “mais perto quero estar meu Deus de ti”, ‘porque Ele vive posso crer no amanhã”,”gloria gloria aleluia,vencendo vem Jesus” e muitos outros inspirados pelo Espírito Santo. Hoje já é: “restitui,eu quero de volta o que é meu” e muitos outros do mesmo nível e categoria.
A igreja infiel retratada em Apocalipse 3 não tem experiências com o “talento de prata” e nem com as “mudas de veste” (II Rs 5:22).
Prata é o tipo da redenção em Jesus e vestes representam a salvação e o louvor (“vestes de louvor”). Eliseu não aceitou a oferta de Naamã porque já tinha uma experiência com a salvação e com o Senhor Jesus. Porem Geazi ( a igreja moderna) aceitou pelo fato de não ter essa mesma experiência. Não conhecia as dádivas espirituais, não sabe o que é Batismo com Espírito Santo e nem dons espirituais, não sabe o que é a Palavra de Deus inspirada pelo Espírito,não compreende a doutrina de Cristo, não compreendem o Corpo de Cristo.
Infelizmente os ‘geazis’ de hoje tem corrido atrás de Naamã para conseguir suas dádivas. A procura está no homem e nos valores terrenos.
Hoje vemos que a salvação está em tudo na ótica de vários grupos: ela está no homem poderoso, no líder carismático, na rosa ungida, no lenço do apostolo,na pedra do rio Jordão, na fogueira santa,no dízimo ,na oferta ,etc.
Satanás ao tentar Jesus no deserto, ofereceu várias dádivas,riquezas e honras terrenas. Cristo negou !
Mas Geazi (cristãos modernos) estão indo atrás daquilo que Cristo negou por amor a nós. Não sabem eles que estão adorando o príncipe deste mundo ao darem lugar para suas vaidades .
Isso é muito sério. Minha intenção não é chatear ninguém com este texto , ao contrario, é alertar.
Deixei essa postagem , mas também vou deixar uma sugestão: leiam a Bíblia e orem para terem de Deus uma direção. Ele é fiel para os que o buscam com sinceridade.
 Erros e problemas existem em todos os lugares. Mas como a Igreja Fiel se posiciona em relação ao erro é que a deixa em vantajosa distinção ante as tantas que carregam o nome de fiel, mas se corrompem em suas falsas liberdades, pois a verdadeira liberdade em Cristo é a vida em OBEDIÊNCIA À VOZ DO ESPÍRITO.
 A Igreja Fiel suporta a luta , mas extingue o erro. Ela tem uma mensagem para o momento e zela por esse compromisso: MARANATA! Essa mensagem não é para Geazi, mas sim para Eliseu (aquele que pediu proção dobrada do Espírito). O grito da Igreja Fiel (do Corpo de Cristo) não pertence a uma instituição, mas é herança profética. é o clamor dos profetas que falaram em nome do Senhor , como Habacuque: "aviva, Senhor a tua obra..." (Habacuque 3:2). O brado da Igreja de Cristo é por vitória, nosso grito vem do desejo vivo em nossos corações, pois aquele que prometeu é fiel para cumprir (sabemos em quem temos crido). Dons Espirituais não são para a religião que ficou com a herança histórica , mas são para uma igreja que quer andar segundo a vontade de Deus, assim como Davi um dia quis. Reconhecer o poder do Sangue de Jesus não é para os que fazem da Graça o que querem, pensando que estão "livres em Cristo". Salvação não é para os tantos "Geazis" que pensam que o rótulo "cristão" já lhes garantem acesso à Graça e desprezam uma vida de santidade.
 Pedro, diante da pergunta desafiadora do Mestre: " quereis vós também retirarvos?", disse sem sustentar nenhuma reserva de covardia: "para quem iremos nós? Só tu tens as palavras de vida eterna...". Para onde vamos, se deixarmos tão grande Obra? Que palavras ouviremos? A da prosperidade? Dos desafios? Que a graça resulta numa liberdade cristã plena onde posso falar e viver como quero? Que sou eleito e salvo e isso ninguem me tira? Qual palavra irei ouvir da boca de Geazi? "“hei de correr atrás dele e tomar dele alguma coisa” ?
 Não! só o Senhor tem a Palavra de VIDA ETERNA! E isso testificamos a cada dia vivendo a sua OBRA.
Para os ímpios (não crentes) e não conhecedores do Evangelho, nosso tom é outro. Levamos uma mensagem de amor e esperança. Mas para os que aceitaram a Cristo e , agora, dão lugar para os desejos carnais e matérias (vivendo uma apostasia sem rumo),deixamos esta palavra: Haverá de Deus o juízo! (veja na palavra o fim de Geazi). Arrependam-se ,pois vos é chegado o Reino de Deus. Jesus Vem!

Gabriel Felipe M.Rocha (Blog Palavra a Sério)