segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

A Fidelidade



I Co 4: 1-2 – Que os homens nos considerem como ministros de Cristo, e despenseiros dos mistérios de Deus além disso requer-se nos despenseiros que cada um se ache fiel.
                O Senhor revelou que trouxéssemos uma palavra sobre fidelidade. É comum pensarmos em fidelidade no aspecto humano, moral etc. Isto é muito importante pois também faz parte da nossa vida espiritual. Mas o que o Senhor quer que entendamos é a fidelidade no aspecto espiritual. Você talvez possa perguntar – o que é isto pastor? Vejam bem, somos fiéis à medida que somos zelosos, que somos obedientes em atendermos a revelação do Senhor Jesus.
                Mas você pode questionar, mas pastor eu não entendi esta revelação a respeito de minha vida? Certamente o pastor vai explicar-lhe , mas se ainda você não entendeu por que o Senhor esta requerendo isto de você, deve mesmo assim obedecer e posteriormente entendera o projeto do Senhor na sua vida.
                Voltando ao texto Paulo diz que os homens nos considerem como ministros de Cristo e como despenseiros dos ministérios de Deus.
                O que é ministro? Ser ministro é quando agimos em nome de alguém que nos deu autoridade. Por exemplo, o Senhor deu as irmãs uma autoridade de realizarem um trabalho, então as irmãs estão ministrando da parte do Senhor. Logo, o Senhor quer que este trabalho das irmãs que foi revelado a aproximadamente 4 anos atrás seja realizado. Que haja um progresso, um aperfeiçoamento e irão alcançar isso a medida que obedecerem a revelação do Senhor. Por exemplo, se o Senhor revelou que a toalha do púlpito seja de tal maneira, a revelação deve ser atendida. Que o despenseiro seja achado fiel. Outro exemplo a ser citado é o caso de Moisés. A palavra fala que Moisés foi fiel ao Senhor. Moisés o meu servo foi fiel e com ele falo boca a boca. Era um homem equilibrado, um homem manso. Não precisamos ser agressivos, pois quem dará o testemunho da nossa parte é o Senhor. Naquela época a irmã dele Míriam levantou-se contra ele e foi ferida de lepra. Na nobreza de Moisés, mansidão e fidelidade, ele não a abandonou. Ele orou por ela, para que o Senhor tivesse misericórdia. Ele e o povo aguardou Míriam os sete dias no deserto. Se há no nosso meio Míriam é preciso orarmos ao Senhor para que ela receba uma benção, que a sua lepra seja curada e o nome do Senhor seja glorificado.
                Algumas vezes irmãs dizem: pastor eu faço madrugada, jejuo etc e o Senhor revelou-me que eu sou infiel, que há uma dificuldade na minha vida. É preciso pedir ao Senhor qual é a causa da nossa infidelidade, talvez seja porque você não esta indo, por exemplo, às reuniões das senhoras. Julgando alguém etc. Você vai aos pés do Senhor e pede uma benção ao Senhor para aquele assunto. Peça ao Senhor para que você seja uma despenseira. O que estamos dispensando é a graça do Senhor. É para isso que as irmãs estão sendo chamadas para serem uma benção nas mãos do Senhor, dispensarem a graça do Senhor.
                Outro exemplo, que é dado é o caso de alguém dizer que houve determinadas orientações sem que seja verdade. É o caso da flor conhecida como cravo de defunto que dizem que não pode ser colocada no púlpito, pois lembra morte, tristeza etc. Isto não é revelação é coisa da mente humana. Aquilo que é revelação virá pelo Presbitério, pelo governo do pastor.
                Outro exemplo que pode ser citado de fidelidade é caso de Sadraque, Mesaque e Abdenego que não dobraram os seus joelhos perante a estátua de Nabucodonozor, na Babilônia. Eles foram achados fiéis.
                Para completar o assunto é trazido um estudo em Êxodo 31: 1-6. O texto diz a respeito dos homens que foram chamados para construírem o tabernáculo. Alguns pontos são chamados à atenção:
1.     Bezaleel foi chamado por nome. Chamei-te pelo teu nome tu és meu … Logo as irmãs estão sendo chamadas pelo nome para viverem e ministrarem a revelação. Isto é importante, pois quando o Senhor coloca a irmã à frente de um determinado trabalho ela não é mais e nem menos importante do que ninguém, ela esta ali para ministrar a revelação.
Enfocamos o aspecto da humildade quando o Senhor deu uma visão em que mostrava um equipamento como se fosse um termômetro, um aparelho de medir a humildade, mas a escala era invertida, isto é, a nota 100 era em baixo e o zero era em cima. Entendimento: se eu me acho muito importante a minha nota é zero mas se a minha situação é de humildade a minha nota é 100. Para que possamos crescer temos que diminuir.
        Voltando aos construtores do tabernáculo, a pessoa que o Senhor tem chamado deve ter as seguintes características:
Nome
Significado do nome
Entendimento
Bezaleel
Na sombra de Deus
Próximo do Senhor, ter intimidade
Filho de Uri
Na luz do Senhor
Na revelação
Filho de Hur
Livre, nobre
Ter uma atitude de nobreza na execução da Obra do Senhor
Da tribo de Judá
Louvor
Servir ao Senhor em louvor, adoração.
O Senhor coloca com ele um outro homem que tipifica o Espírito Santo.
Nome
Significado do nome
Entendimento
Aoliabe
Tenda de meu pai
Quem conhece os segredos do Pai é o Espírito Santo
Filho de Aisamaque
Irmão de apoio
Paracletos (grego) – aquele que esta ao lado
Da tribo de Dã
Juiz
É ele quem julga toda as coisas – o Salomão
Alguns pontos a serem abordados:
1.     Os construtores (homens) só foram chamados após todo o projeto do tabernáculo ter sido revelado – mostra que embora o Senhor tenha a redenção do homem como o objetivo principal, o homem só entra para executar o projeto já determinado;
2.     Quem quer participar do projeto do Senhor tem quer ser um Bezaleel:
Ter intimidade com o Senhor;
Andar na revelação, na luz
Ter uma atitude de nobreza. Somos livres ao chamado.
Sermos da tribo de Judá – atuarmos na Obra numa atitude de louvor. Sem reclamações.
                Ao nosso lado Deus coloca o Espírito Santo, o ajudador, aquele que esta ao nosso lado:
1.     Aquele que conhece os segredos do Pai – o Espírito Santo
2.     É o nosso irmão de apoio, que sempre esta ao nosso lado para ajudar-nos;
3.     É ele quem julga – dar ênfase a este ponto, pois o julgamento não esta com Bezaleel, com o homem, mas com o Espírito Santo.
O Senhor os chama para trabalharem nos seguintes materiais:
Ouro – trabalharmos no poder de Deus; não fui a vós com palavras de sabedoria humana …
Prata – redenção
Cobre (bronze) – justificação
Lavramento de pedras – dons espirituais
Madeira – o homem, o objetivo maior.
                Isto demonstra que primeiro é preciso termos o poder do Senhor na nossa vida, sermos redimidos, entendermos a justificação pelo sangue de Jesus, discernimos os dons espirituais, para depois trabalharmos com a madeira – o homem.
                A partir de Êxodo 36 Deus dá testemunho de todo o trabalho que foi feito. A palavra fez (atendeu a revelação) é repetida várias vezes.
Conclusão: Que o fez também seja uma realidade na nossa vida, que o projeto do Senhor se cumpra no nosso coração, que Ele nos ache fiel na construção do grande tabernáculo que é a Igreja do Senhor.

http://bibliaapalavradedeus.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queridos amigos figuem a vontade para comentar sobre os textos, na medida do possível irei ler todos. e SE NÃO OFENDER A NENHUMA INSTITUIÇÃO RELIGIOSA E NÃO CAUSAR POLEMICA IREI PUBLICAR.