terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Análise João 11: 54






MAS RETIROU-SE DALI PARA A TERRA JUNTO AO DESERTO...
João 11: 54

 “Jesus, pois, já não andava manifestamente entre os judeus, mas retirou-se dali para a terra junto do deserto, para uma cidade chamada Efraim; e ali andava com os seus discípulos.”


  Durante o tempo em que esteve na terra, cumprindo o seu ministério e realizando a Obra que o Pai lhe designou, o Senhor Jesus enfrentou grandes embates com os judeus e religiosos que não entenderam a sua mensagem e as maravilhas que operou. Justamente aqueles que conheciam a Lei e os profetas, se mostraram incapazes de abrir o coração para aceitar Jesus como o Messias e o Salvador de Israel. Não quiseram obedecer-lhe a Palavra e rejeitaram o modo de vida ensinado pelo Senhor, para alcançarem a eternidade pela fé.

  Jesus foi duramente perseguido pelos judeus, principalmente na região da Judéia, onde estava a capital, Jerusalém. Ali estava a sede da seita mais ortodoxa do judaísmo: a dos fariseus. Os sacerdotes, doutores da lei e escribas, se comunavam para encontrar um meio de eliminar Jesus. Por isso, o Senhor se afastou daquela região, pois não tinha liberdade para realizar sua Obra diante de tanta resistência e hostilidades. Ele foi para a terra junto do deserto, para uma cidade chamada Efraim, e ali andava com seus discípulos.

 Jesus, pois, já não andava manifestamente entre os judeus... - Esse mesmo tratamento dado ao Senhor Jesus, pode ser visto hoje em dia no meio da religião. A religião tem seus próprios conceitos a respeito de Deus. Ela não se submete ao ensino puro e revelado pelo Senhor Jesus, e até combate-o, apegando-se com afinco à letra e à razão. Desta forma o Senhor não tem encontrado liberdade e aceitação em meio às religiões. A sua predisposição em seguir seus próprios interesses, têm feito com que o Senhor se afaste delas.

 mas retirou-se dali para a terra junto do deserto... - O deserto fala do coração do homem necessitado, daquele que está aflito, sedento e vazio. Existem muitas pessoas que estão vivendo neste mundo, como quem atravessa um deserto; na mais completa assolação de vida. A angústia e a falta de esperança preenchem seu coração e é para perto destes que o Senhor está seguindo nesta última hora. Já que os religiosos rejeitam Jesus, Ele está buscando se revelar aos corações sofridos, que estão esperando somente o toque da sua presença, para se abrirem e o receberem como Salvador e Senhor.

 para uma cidade chamada Efraim - Efraim quer dizer “duplamente frutífero”. Quando o homem, cujo coração é como um deserto sem vida e sem frutos, ouve a Palavra do Senhor e a recebe pela fé, sua vida é transformada em um manancial, e os frutos começam a surgir de forma maravilhosa. Jesus disse: “Quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto”. Esse fruto é o resultado da vida na presença do Senhor Jesus, é o fluir da própria vida do Senhor através da vida do homem transformado. O Senhor tem buscado nesta hora, aqueles que estão pelas ruas e valados, vivendo como pobres, aleijados, mancos e cegos, pois são esses que têm aberto o seu coração para ter uma vida frutífera na sua Obra.

 e ali andava com os seus discípulos É no meio daqueles que abriram o coração e se tornaram seus discípulos, que o Senhor Jesus tem andando. É no meio deles que Ele encontra liberdade para operar seus sinais maravilhosos, de ensinar sua Palavra e se revelar sem impedimento, pois onde não há espaço para a  fé, o Senhor não pode fazer nada.

Bíblia a Palavra de Deus: Análise João 11: 54