sábado, 2 de fevereiro de 2013

As Características de Davi




                                      I Samuel 16: 18 - 20


INTRODUÇÃO:

 - O Senhor tem mostrado que Davi tipifica a Obra que Lhe agrada, porque ele representa, naquilo em que não pecou, a pessoa do Senhor Jesus. As características de Davi e suas experiências, a maneira como Deus o usou em toda a sua vida, profeticamente apontam para Jesus e sua igreja, e é isso que o texto citado acima nos mostra.
            Quando foi rejeitado, por causa da sua desobediência, Saul passou a ser atormentado por assombros e falta de paz causados por espíritos perturbadores. Foi quando seus servos sugeriram que se buscasse alguém que soubesse tocar um instrumento na presença do rei, para que se acalmasse. A sugestão foi aceita e Davi foi o escolhido para o trabalho, por causa das suas características:

O BELEMITA


 - Belém era a aldeia onde Davi tinha nascido, e significa “Casa do Pão”. Este nome tinha um sentido profético, pois foi lá que o Senhor Jesus, o “Pão da Vida”, nasceu também. A expressão “o belemita” aponta para uma origem que tem como autor o Espírito Santo e a revelação, e não a vontade ou a ação do homem. Não se trata de algo nascido por força, indução, medo ou interesse, mas pela ação da vontade de Deus (Miq 5: 2).

SABE TOCAR


 - Davi estava sendo escolhido para a realização de um trabalho que requeria dele aptidão para tal. O servo escolhido por Deus para a realização da sua Obra é aquele que tem aptidão, isto é, tem experiências com Ele e conhece sua voz e sua Palavra (II Tm 2:15).

É VALENTE


 - É destemido, corajoso para realizar a Obra. Enfrenta os embates da vida, não confiando em si mesmo, mas no Senhor, por isso não recua diante do perigo, mas sempre segue adiante. Sua valentia não está na sua capacidade, mas no poder do Espírito do Senhor (Rom 8: 15 e II Tm 1: 7).

É ANIMOSO 


- Disposto, cheio de ânimo, fervoroso e diligente na realização da Obra. Não se acomoda e nunca desiste, pois nele a chama do Espírito está sempre acesa. Mesmo quando as circunstâncias parecem desfavoráveis, não desiste, pois conhece e confia Naquele que nunca perdeu uma batalha

HOMEM DE GUERRA


 - Preparado para a luta, acostumado com as batalhas da caminhada, não “preserva a sua espada do sangue” e não recua diante do inimigo. Vive pela fé e as armas da sua milícia não são carnais, mas espirituais e poderosas para destruir as fortalezas (Jer 48: 10 e Heb 10: 38).

SISUDO EM PALAVRAS


 - É sério, prudente e seguro. Tem bom senso e é cuidadoso no falar, sendo sábio no seu procedimento diante de todos (Prov 10: 13 e Tito 2: 1, 8).

É DE GENTIL PRESENÇA


 - É agradável diante de todos e tem bom testemunho. Não é pessoa antipática e sem sabedoria, que causa polêmica onde chega, mas é companhia agradável pois tem em si a graça do Senhor. É equilibrado no seu julgamento das coisas ao seu redor, não tratando nada com radicalismo (Tito 2: 7 e I Tm 4: 12).


O SENHOR É COM ELE   =  ESTÁ APROVADO