quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

COM AMOR ETERNO TE AMEI

“Há muito que o Senhor me apareceu, dizendo: Porquanto com amor eterno te amei, por isso com benignidade te atraí.” - Jeremias 31:3

Há quanto tempo o Senhor quer nos revelar mais deste amor, onde nos escolheu e nos amou antes do mundo existir, mas só conseguimos ver uma pequena parte deste tão divino e imenso amor. Quando nos apegamos demais em doutrinas e na letra, contraímos a morte da visão, que nos capacita a contemplar e crer de todo coração nas palavras e no amor de Deus, que começou lá na eternidade passada. Desde lá, Deus já havia reservado uma porção especial de sua graça para nós, milhões de anos atrás, escrita nela o nosso nome, onde este amor e bondade nos atrairiam com um força irresistível, sobrenatural, alem da vida e da morte, até Jesus e a toda plenitude desta graça. Como então alguns se deixam levar por doutrinas, onde anulam através de seus limitados conceitos do amor e da misericórdia de Deus, tão grande sacrifício feito por nós naquela cruz. Será que Deus se enganou, se arrependeu, e por um breve momento na luz da sua eternidade, teria proferido precipitadamente tal sublime declaração - "com amor eterno te amei"? Não! Ele só não proferiu, mas cumpriu em nossas vidas esta grandiosa promessa, pois o apóstolo João proclamou ao mundo inteiro este amor, que começa antes da vida e vai alem da morte, ao escrever em seu evangelho: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” - João 3:16 – Aleluia 

- Daniel Prado Carneiro - 12.02.2013.