sexta-feira, 22 de março de 2013

Onde está o seu tesouro?

"E agora, vós ricos, chorai e pranteai, por causa das desgraças que vos sobrevirão. As vossas riquezas estão apodrecidas, e as vossas vestes estão roídas pela traça. O vosso ouro e a vossa prata estão enferrujados; e a sua ferrugem dará testemunho contra vós, e devorará as vossas carnes como fogo. Entesourastes para os últimos dias. Deliciosamente vivestes sobre a terra, e vos deleitastes; cevastes os vossos corações no dia da matança. Condenastes e matastes o justo; ele não vos resiste. Portanto, irmãos, sede pacientes até a vinda do Senhor. Eis que o lavrador espera o precioso fruto da terra, aguardando-o com paciência, até que receba as primeiras e as últimas chuvas. Sede vós também pacientes; fortalecei os vossos corações, porque a vinda do Senhor está próxima."  - Tiago 5:1-8

É muito sério a advertência que Tiago faz aqui no fim de sua carta às doze tribos da dispersão. O problema não é as riquezas em si, mas as riquezas mal administradas, pois vieram da mão do Senhor, não para amontoarmos na nossa ganância e egoísmo. A condenação não está no ter o dinheiro, mas em amá-lo, ao ponto de se deleitar dele e não no Senhor. Então não somos mais mordomos do Senhor, e sim adoradores de Mamom e sujeitos à agradar as potestades que dominam as pessoas pela ganância e avareza. Assim como todo os ídolos serão despedaçados até o pó, e para nada mais servirão; então Tiago fala para os ricos, que seu ídolo Mamom ou suas riquezas, serão apodrecidas, comidas pelas traças, e a ferrugem de seus enganosos tesouros darão testemunho contra eles mesmos, e devorará as vossas carnes como fogo, pois entesourastes palha para os últimos dias. Curvaram-se e adoram as riquezas e não a Deus.

- Daniel Prado Carneiro – 08.03.2013