segunda-feira, 10 de junho de 2013

"O DESPERTAR DO ESPÍRITO DO HOMEM"








POR WALLACE OLIVEIRA CRUZ RODRIGUES MOURA
A PAZ DO SENHOR JESUS!

EZEQUIEL 47:3 a 6


1.   INTRODUÇÃO:

·       O objetivo de Deus, quando fez o homem foi que este fosse governado pelo Espírito Santo
·       Quando Deus soprou o seu Espírito nas narinas do homem, Ele deu vida ao corpo, criando a alma
·       A alma é um intermediário entre o espírito e o corpo
·       Quando o homem peca, o espírito fica mortificado e o homem passa a ser governado pela alma e pela carne
·       espírito do homem - pode ter comunhão com o Espírito de Deus
·       alma: (psiquê) personalidade, vontade, sentimentos
·       carne: pecado.

2.   DESENVOLVOMENTO:

·      O objetivo da Obra, é “acordar” o espírito do homem para ter contato novamente com Deus
·      O espírito estava adormecido, morto. A este acordar do espírito do homem dá-se o nome de Novo Nascimento. É o renascimento do espírito do homem
·      Daí inicia-se todo o processo de amadurecimento, desde os passos iniciais até o crescimento e desenvolvimento na Obra.

·      O espírito do homem não tem autonomia própria Ele precisa do Espírito Santo para conduzi-lo (é como um carro sem combustível)
          Ex. Pedro: “Quando eras mais moço, cingia-te a ti mesmo, mas...”
        Paulo: “Vivo, não eu, mas Cristo vive em mim...”
·      Ezequiel - o Senhor mostra o processar da Obra do Espírito Santo na vida do homem
·      O caminhar do servo é em direção ao oriente: nascer do sol, luz, revelação.

·      As 4 fases:

1a FASE: Água nos artelhos:
·      Os pés são lavados - purificação dos pecados e das coisas deste mundo - purificação dos caminhos tortuosos do homem
·      Pouca profundidade - primeiros passos na obra, o novo convertido
·      Muita liberdade - para agir como quer
·      Não se pode exigir nada do servo nesta etapa, pois por muito pouco ele pode voltar para a margem
·      Nesta fase a pessoa está governada pela sua vontade
·      Ainda não há verdadeira disposição em servir ao Senhor.

            2a. FASE: Água nos joelhos:
·      Joelhos - Oração (experiências com a oração).
·      Madrugadas
·      Humildade
·      O servo começa a ter o entendimento de que é o Senhor quem governa a sua vida
·      Começa a haver o entendimento da Revelação
·      Diminui a liberdade de se mover - o servo começa a entender a submissão ao Senhor.

            3a. FASEÁgua nos lombos:
·      Atinge o coração do homem que começa a ser envolvido pela Obra.
·      “...de todas as coisas, guarda o teu coração...”
·      Começa a haver um grande desejo de se envolver com a Obra do Senhor
·      Domínio do Espírito Santo sobre a vontade do homem
·      Amadurecimento do servo nas profundezas do Espírito Santo
·      Os sentimentos e as vontades estão nas mãos do Senhor
·      “...cada um tome a sua cruz...” - sobre os lombos
·      Nesta fase, o servo começa a suportar as provações

            4a. FASEÁguas profundas:
·      Envolvimento total
·      Os pés não tocam mais o chão
·      O Espírito Santo tem o domínio total sobre o homem
·      Até mesmo a razão do homem está sob o envolvimento do Espírito Santo - “...a mente de Cristo...”
           
·      Mil côvados - a medida do Espírito Santo de acordo com a condição de cada um.


3.   CONCLUSÃO:

            Em que fase estamos?