segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Santificação

Porque esta é a vontade de Deus, a saber, a vossa santificação..." - I Tes. 4:3

Se você chegasse de viagem numa cidade, cansado, depois de viajar um dia inteiro, e todos os hotéis estivessem cheios, e se o único lugar que restou para se hospedar fossem quartos de prostíbulos, você ainda assim se hospedaria num lugar assim? 

Os dias estão contados e o pecado cresce rapidamente, pois a corrupção e perversidade é como uma célula cancerígena que se multiplica velozmente. Outro dia entrei num provedor grande e famoso da internet, e também a prostituição é o prato principal no cardápio da casa, como se estivesse a venda de um produto qualquer. Até no site de Bíblia digital mais usado na internet, já vi para meu espanto e surpresa, duas vezes, anúncios de prostituição descaradamente, bem ao lado dos versos da palavra de Deus. 
Meu Deus, será que a dureza de coração cega as pessoas ate o ponto de não perceberem que estão dentro do sistema que governa ainda este mundo; dentro da Babilônia espiritual, seguindo ou moldando-se às suas regras e preceitos, usando como falso argumento, que ainda estamos no mundo; Que precisamos morar em Sodoma e Gomorra, pois alguém precisa pregar o evangelho para eles? Sim, estamos no mundo, mas a santificação implica em não tomar parte, nem associar-se a este sistema espiritual das trevas. Paulo diz sobre as consequências de participarmos da idolatria que há no mundo: 

"Portanto, meus amados, fugi da idolatria. Falo como a entendidos; julgai vós mesmos o que digo. Porventura o cálice de bênção, que abençoamos, não é a comunhão do sangue de Cristo? O pão que partimos não é porventura a comunhão do corpo de Cristo? Porque nós, sendo muitos, somos um só pão e um só corpo, porque todos participamos do mesmo pão. Vede a Israel segundo a carne; os que comem os sacrifícios não são porventura participantes do altar? Mas que digo? Que o ídolo é alguma coisa? Ou que o sacrificado ao ídolo é alguma coisa? Antes digo que as coisas que os gentios sacrificam, as sacrificam aos demônios, e não a Deus. E não quero que sejais participantes com os demônios. Não podeis beber o cálice do Senhor e o cálice dos demônios; não podeis ser participantes da mesa do Senhor e da mesa dos demônios." -  I Cor. 10:14-21

Não é uma questão de certo ou errado, mas uma questão de discernimento espiritual claro, que não pertencemos mais a este mundo, mesmo estando ainda nele. Santificação é sair para fora do sistema, é separa-se, é apartar-se das coisas do mundo. Paulo fala disso no texto, que não podemos ser guiados pelos nossos sentimentos, emoções e vontades, mas pela a unção que vem de Deus, quando diz:
"Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas edificam. " - 1 Coríntios 10:23.

Paulo usa a mesma frase que cita no cap. 10, no capitulo 6, alertando seriamente os irmãos sobre o zelo que devemos ter a respeito da santificação, mas muda no final da frase, usando uma expressão que fala sobre o domínio próprio "...Mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas", ou seja, é necessário um esforço maior por nossa parte, assim como fala exatamente o autor aos Hebreus: "Ainda não resististes até o sangue, combatendo contra o pecado." - Heb.12:4.

"Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus. E é o que alguns têm sido; mas haveis sido lavados, mas haveis sido santificados, mas haveis sido justificados em nome do Senhor Jesus, e pelo Espírito do nosso Deus. Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas." - I Cor. 6:10-12

Uma coisa é sabermos que estamos usando uma coisa, ferramenta, sistema ou empresas que pertencem a pessoas que não são salvas. Mas outra coisa e sabermos que estes participam da mesa dos demônios, pois a idolatria ou a recusa em adorar ao único Deus, está diretamente ligado com a corrupção, prostituição e vínculo com as potestades espirituais do mal. Então Paulo neste texto não dá só ênfase a comida sacrificada aos ídolos, mas também a consciência pura e atitude correta que devemos ter, ao sabermos com que, ou com quem, estamos nos associando:  "Mas, se alguém vos disser: Isto foi sacrificado aos ídolos, não comais, por causa daquele que vos advertiu e por causa da consciência; porque a terra é do Senhor, e toda a sua plenitude." - I Cor. 10:28"

Sendo assim, será que podemos usar os colchões, travesseiros, toalhas, talheres e outros utensílios de um prostíbulo. Poderemos ainda ficar em Sodoma e Gomorra, e achar que não seremos contaminados, sendo tão facilmente enganados pelo inimigo? A história de Sodoma e Gomorra é para nós hoje uma séria advertência. Ficaremos ou sairemos? Só olharmos para o nosso passado e destino que nos estava reservado, faz nosso coração se tornar numa pedra dura, sem sensibilidade para ouvir e sentir a voz de Deus, quanto mais será o castigo de permanecer neste lugar. Por isso Cristo diz:  "Ninguém, que lança mão do arado e olha para trás, é apto para o reino de Deus." - Lucas 9:62

Devemos perguntar a Deus: Senhor, isto que estou fazendo é para tua gloria? Isto lhe agrada ou te entristece? " Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus. - 1 Coríntios 10:31.

Paulo nunca deixou de alertar os santos sobre a santificação: "Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? E que concórdia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel? E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivente, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo. Por isso saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; E não toqueis nada imundo, e eu vos receberei; E eu serei para vós Pai,E vós sereis para mim filhos e filhas, Diz o Senhor Todo-Poderoso." - II Coríntios 6:14-18

Tambem Judas, nos fala sobre o mesmo assunto para nossa exortação: "Edifiquem-se, porém, amados, na santíssima fé que vocês têm, orando no Espírito Santo. Mantenham-se no amor de Deus, enquanto esperam que a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo os leve para a vida eterna. Tenham compaixão daqueles que duvidam; a outros, salvem-nos, arrebatando-os do fogo; a outros ainda, mostrem misericórdia com temor, odiando até a roupa contaminada pela carne. Àquele que é poderoso para impedi-los de cair e para apresentá-los diante da sua glória sem mácula e com grande alegria, ao único Deus, nosso Salvador, sejam glória, majestade, poder e autoridade, mediante Jesus Cristo, nosso Senhor, antes de todos os tempos, agora e para todo o sempre! Amém." - Judas 1:20-25

"Paz seja com os irmãos, e amor com fé da parte de Deus Pai e da do Senhor Jesus Cristo. A graça seja com todos os que amam a nosso Senhor Jesus Cristo em sinceridade. Amém." - Efésios 6:23-24

dpc - 07.12.13