quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

O Senhor não retarda a sua promessa.

 "O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para convosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se." 2Pedro3:9


O nosso tempo, não é o tempo de Deus! O tempo do homem, é o tempo do envelhecimento, da ansiedade, da desistência, do desespero, da incredulidade. O tempo de Deus é o tempo da perseverança, da providência, do descanso, da fé inabalável. Enquanto nós buscarmos as promessas de Deus com a visão do tempo do homem, não alcançaremos as promessas! Nossa postura na espera pelo cumprimento da promessa, vai determinar a nossa derrota ou a nossa vitória diante das circunstâncias. Quando você anda ansioso, descrente, inseguro, desesperado, sem fé; não é possível agradar a Deus (Hb. 11:6). É como se nós estivéssemos dizendo que aquilo pelo qual esperamos é maior do que Deus! Como tem sido a sua espera pelas promessas da Palavra de Deus? Uns têm abandonado a fé, outros colocam a culpa em Deus e nas pessoas, enquanto o problema pode estar na própria pessoa. Tem gente que quando está próximo de receber a vitória joga tudo para o alto: peca, sai da presença de Deus, duvida da promessa. Com essas atitudes, saem da condição de receber a promessa e voltam para o final da “fila” espiritual, pois não souberam perseverar. O povo de Israel tinha a promessa de chegar a Terra Prometida. Por causa da incredulidade e da rebeldia do povo contra Deus, a promessa que se cumpriria em aproximadamente 40 dias, levou 40 anos para se cumprir. E ainda assim, foi preciso que os murmuradores, os rebeldes e os incrédulos, morressem. Quantas pessoas estão sendo provadas por Deus pelo teste do tempo e não estão entendendo, e com isso começam a fazer como Israel: murmurar, se rebelar, deixar de crer. Para que nós possamos alcançar as promessas temos que dar os passos de José: que não desistiu de sonhar (diante das zombarias e deboches ele se manteve sonhando); Não deixou sentimentos de rancor entrar em seu coração, ele continuou amando seus irmãos que o rejeitavam.
Rejeitou todos os relatórios contrários (por maiores que tenham sido as provações de José ele seguiu servindo a Deus, na escravidão, na casa de Potifar, no calabouço)
Ele resistiu o “prato de lentilha” (pecado), que representava a mulher de Potifar.
Ele nunca confessou derrota, pois no seu interior o sonho se manteve vivo.
Ele foi humilde para receber o cumprimento das promessas.
Ele alcançou a maturidade para ter as promessas cumpridas.
Todos aqueles que se mantêm firmes na Palavra do Senhor são mais do que vencedores, não se pode desviar os olhos da promessa. Assim como fez Josué, nós não podemos olhar nem para esquerda, nem para a direita, nem para trás, temos que estar com os olhos fitos na promessa (Js. 1:8). Deus respalda os sonhadores com a sua Palavra e os faz alcançar as promessas. O que tem limitado a sua visão? Quais são as promessas que você têm buscado em Jesus? Creia pois o teu clamor pode ressuscitar àquilo que está morto. As células se multiplicarão você vai conquistar novos territórios! Invista em um homem ou mulher, a visão de Deus começa com um. Deus vai te usar neste tempo. Saia do lugar da incredulidade, saia da terra do pecado e da religiosidade que te limita, seja um filho fiel que crê nas promessas de um Deus que jamais falhou. Você está autorizado a prosperar em Deus!