sexta-feira, 25 de julho de 2014

O Médico dos Médicos


“Tendo Jesus chegado à casa de Pedro, viu a sogra deste, acamada e ardendo em febre. Mas Jesus tomou-a pela mão e a febre a deixou. Ela se levantou e passou a servi-lo”. Mateus 8:14 – 15.
É interessante notar que diferentemente dos livros de Marcos e Lucas, que também descrevem este fato, porém informam que Jesus havia sido avisado por outros. Em Mateus lê-se que o Senhor “viu” a condição de enferma da sogra de Pedro. Ele não a deixou na condição de acamada e ardendo em febre. A febre não é uma doença em si mesma. Ela pré-anuncia uma enfermidade maior. É sintoma de que algo não está bem com o corpo. Sabe-se que não se deve combater apenas a febre mais principalmente o mal que nela se reflete. Tomam-se medicamentos para a febre, mas é de se supor que os médicos são os que têm capacidade para receitar o remédio que irá curar a verdadeira causa da enfermidade. Mas, Jesus em apenas tomando-a pela mão a febre a deixou. A sua nova condição já não era a de acamada, enferma, pois ela “se levantou e passou a servi-lo”.

Muitos estão semelhantemente assim com graves enfermidades espirituais que os estão levando para os diferentes tipos de entorpecentes, alcoolismo, mas nada fazem além de combater a febre. É droga sobre droga. Medidas paliativas. Tomam “remédios” e a febre passa e quando acham que tudo parece estar bem, a febre volta. Assim procedem até que a doença torna-se fatal, pois a real causa de toda a enfermidade espiritual não foi devidamente combatida. Quantos estão assim? Acamados, febris, com o peso das tribulações, angústias e depressões. Mas, aquele que nos “vê” é o Médico dos médicos. Jesus não nos dá apenas o alivio da febre, mas combate toda a enfermidade espiritual, tristeza, dor e decepções. Quando somos vistos pelo Senhor Jesus somos tocados pela sua mão de Graça e de Poder. Quando tocados, a mão Dele nos ajuda e passamos a ter com Ele uma experiência de paz de alma e Vida Eterna. Nossa condição deixa de ser a de um enfermo (morte) e passa a ser de plena saúde (vida eterna). Somos agora livres da condenação, novas criaturas em Cristo Jesus. Mas, mesmo sem febres e enfermidades devemos continuar deitados? Não! Levantar, dispormos a sair de todo o comodismo e inanição e sermos ativos no servir ao Senhor. Servi-lo com coração alegre, pois só Ele é digno de toda honra e toda glória.
Jesus pode neste momento lhe tocar. Retirar de sua vida toda enfermidade e toda febre. Podemos ser renovados pela presença do Senhor. Isto é uma Maravilha. O que o Senhor opera em sua vida nenhum médico pode operar. Nenhum remédio pode curar este seu mal. Ele opera a Salvação, pois “o castigo que nos traz a Paz estava sobre Ele”. Ele se fez remédio para a alma do homem, e “pelas suas pisaduras somos sarados”. É isto que o Senhor quer nos proporcionar a cada dia: comunhão, paz e por fim a vida eterna.
Maranata! O Senhor Jesus vem!

joaoluizlani@gmail.com