domingo, 29 de julho de 2012

AS QUATRO AVES MIGRATÓRIAS PARTE III - fim



Até a cegonha no céu conhece os seus tempos determinados; e a rola, a andorinha, e o grou observam o tempo da sua arribação; mas o meu povo não conhece a ordenança do Senhor”. Jeremias 8:7

A ANDORINHA - Quem vê as andorinhas percebe que seu vôo é sincronizado. Quando o bando sobe, todas sobem juntas como um conjunto e seguem assim a vida toda. É a vida de comunhão, é a vida no corpo. A Igreja tem este misterio e sabe que no momento atual é preciso ter um vôo seguro e orientado, e ninguém pode seguir a direção que bem entende. Existe alguém invisivel, dando todas as diretrizes e mostrando o que deve ser feito. É o Espirito Santo que está no meio da Igreja.
Muitos conhecem a Biblia, vivem o tempo todo dentro da Igreja, mas tudo em sua vidas falha e não conseguem atingir o seu objetivo, porque não conhecem os misterios de Deus. As aves, apesar de não possuirem nenhum equipamento cientifico, conseguem atingir o seu destino, mas o homem com toda a sua capacidade não conhece o seu criador.
As cegonhas e as outras aves não mudaram, mas o homem mudou tudo, e por isso está sendo um perdedor. Quando o profeta cita as aves, esta falando de misterios. Como pode uma ave voar 4.000 Km sem usar bússola para se orientar, sem água para beber quando cruza os oceanos e sem se cansar? No entanto elas conseguem tudo isso, e essas coisas são misterios do Senhor. O homem nada consegue porque se tornou insensivel às coisas do Senhor. Mas a Palvra diz: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que enviou o seu único Filho para que todo aquele que nele crê, não pereça, mas tenha a vida eterna”.
Deus deseja que o homem “voe” seguro para a eternidade. Hoje o homem está agindo da mesmsa forma, tenta um pequeno vôo, mas não chega à eternidade, saber que Jesus nasceu, todo mundo sabe, que morreu também é do conhecimento de todos, e até lembram disso em festas onde comem bacalhau e outros peixes. Mas o homem não conhece a intimidade de Jesus, porque quando Ele entra no seu coração uma coisa nova acontece na sua vida, e todos pensam que ele ficou louco. Ele começa a alcançar as revelações e os mistérios de Deus, a sentir sua presença. Ele sente a alegria verdadeira em saber que o Senhor está com ele todos os dias de sua vida até a consumação dos séculos.
As aves vão chegar ao seu objetivo, mas o homem não. Pelo contrario, ele tem se distanciado cada vez mais do objetivo do Senhor para sua vida, e o seu vôo é para baixo. Ele não conhece a misericórdia de Deus, e está muito preocupado com suas riquezas, sua esposa, seus amigos, sua posição social, seus diplomas e titulos, sua religião, etc. Ele não tem tempo para o Senhor, e por isso despreza e apedreja a pombinha que vem para lhe dar segurança e felicidade. A Palavra diz: “Se hoje ouvirdes a minha voz, não endureçais vosso coração”. O apelo do Senhor não é para amanha, e sim para hoje. Quando o homem tem Jesus ele não passa na frente do Espirito, mas na religião é diferente. O Espirito Santo não se deixa dominar. Vida em comunhão é vida na casa e nos átrios do Senhor.