sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Ansiedade o mal do século


Ansiedade o mal do século
Todo aquele que anseia por algo, leva uma vida de preocupação com o amanhã, ou com algo que quer conquistar; ansiedade equivale à preocupação, incerteza e insegurança de que não conseguiremos o que desejamos.
"Por isso vos digo: Não estejais ansiosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer, ou pelo que haveis de beber; nem, quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo mais do que o vestuário? Olhai para as aves do céu, que não semeiam, nem ceifam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não valeis vós muito mais do que elas? Ora, qual de vós, por mais ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado à sua estatura? E pelo que haveis de vestir, por que andais ansiosos? Olhai para os lírios do campo, como crescem; não trabalham nem fiam; contudo vos digo que nem mesmo Salomão em toda a sua glória se vestiu como um deles. Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós, homens de pouca fé? Portanto, não vos inquieteis, dizendo: Que havemos de comer? ou: Que havemos de beber? ou: Com que nos havemos de vestir? (Pois a todas estas coisas os gentios procuram.) Porque vosso Pai celestial sabe que precisais de tudo isso.Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã; porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal. (Mateus 6: 25 á 34)
Uma pessoa que não tem plena confiança em Deus e depende totalmente do que tem em suas mãos, não tem certeza de vitória, vive numa eterna ansiedade.
A ansiedade é uma arma maligna com objetivo nos levar a cometer erros, tudo que foge a nossas mãos têm a tendencia de nos deixar ansiosos. O inimigo usa desse expediente para limitar nossa fé. Quando ficamos ansioso praticamente estamos dizendo a nós mesmos que não confiamos no Senhor.Este é sem duvida o mais comum e característico transtorno emocional de nossos tempos.

A ansiedade e o sentimento de medo são parentes próximos, originários de uma mesma raiz do funcionamento mental. A característica externa, visível fundamental o transtorno ansioso é a pressa, é a vontade que a pessoa tem que as coisas acabem rápido que elas se concluam. Isto acontece porque o sentimento interior inconsciente é de medo, de pressentimento de que algo de ruim possa acontecer, que algo não vai dar certo e que por isto ele deve se apressar para que determinado desejo se conclua rapidamente para que se possa ver livre, aliviado da sensação de algum perigo eminente de não conseguir o que deseja.
Os sintomas principais desse transtorno são a inquietação motora, sensações de angustia (aperto no peito ou na garganta), sudorese, taquicardia, mal estar generalizado, agitação contínua, as vezes rói unhas, puxa o cabelo, precisa ficar mexendo em algo, permanece balançando pernas e braços, compulsão para falar e muita dificuldade de ouvir, absorver e entender.
Algumas variantes dos sintomas do transtorno ansioso são os vícios, os mal hábitos, que também são ligados aos transtornos compulsivos, como o vício de fumar (descobertas recentes dizem que a nicotina além de seus malefícios tem a capacidade química de uma ação ansiolítica e até antidepressiva), o vicio de comer (esta já não é uma descoberta tão recente que o açúcar é um poderoso calmante), o vicio do álcool (outra substancia que alem de causar danos a saúde tem importante efeito ansiolítico e antidepressivo momentâneo).

Os ansiosos de forma não voluntária buscam o alivio para a sua ansiedade através do uso compulsivo destas e de outras drogas também (maconha, cocaína, crack, ópio e morfina também são usadas por pessoas muito ansiosas).
O sentimento crônico da ansiedade é muito ruim, e na maioria das vezes a pessoa não identifica que se trate de uma ansiedade, de um medo e não consegue dar uma razão lógica, formal, para o que esta acontecendo.

Expressões como “Medo do que?”, “Mas como isto esta acontecendo se esta tudo bem ?” ou isto não faz sentido “, são muito comuns, e tudo que a pessoa quer é achar um jeito rápido, típico do ansioso, para se livrar desta sensação. Dai o uso de drogas ou outros métodos ineficazes que até trazem um alívio imediato mas que vão cada vez mais aumentando a ansiedade da pessoa.
O quadro agudo da ansiedade é marcado muito mais pela intensidade das sensações físicas do que pela percepção de qualquer conflito psicológico. Os sintomas são os mesmos do que os relatados acima acrescentados de tontura, sensação de desmaio, de morte ou de que se vai enlouquecer ou perder o controle de tudo. Quando estas sensações começam a se repetir com frequência o nome do quadro passa a se chamar de Síndrome do Pânico, a tão famosa, que na verdade é a repetição de crises de ansiedade aguda.
A questão que você deve achar que falta a nossa conversa é por que que afinal de contas isto acontece, qual a origem do transtorno ansioso, e eu vou dizer que existem milhares de explicações, A que mais me agrada é aquela que relaciona a ansiedade com a aceleração desarmônica de nossa mente, “Mente acelerada é mente desequilibrada” A vida moderna, urbana estimula em demasia a nossa mente e esta sempre exigindo elaboração e raciocínios rápidos o que desencadeia quadros de ansiedade.

A vontade do individuo de achar soluções rápidas também é outro fator desencadeante assim como o desejo de buscar e atingir objetivos que supostamente trariam tranquilidade, e quanto mais rápida e desarmônica a mente estiver, maior a sensação de medo e ansiedade. Quanto mais equilibrada , harmônica e coordenada a nossa mente estiver, maior a sensação de calma e paz de espírito.
A única solução para acabar com a ansiedade é crer verdadeiramente que Deus está no controle de nossas vidas e por isso não precisamos ficar ansiosos por nada.
A ansiedade nada mais é do que uma arma maligna para tirar nosso foco em Deus e em Suas palavras, se você se deixar tornar ansioso estará entrando no jogo de satanás, propenso a tornar-se uma pessoa frustada e infeliz. A única maneira de impedir que a ansiedade tome conta do nosso ser é tirando o comando da situação da alma e passando ao nosso espírito.
by doutorfe.com
http://domingosmassa.blogspot.com.br