segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

A minha alma tem sede de Deus

Sede de Deus!





Salmos 63:1
“Ó Deus, tu és o meu Deus Forte; eu te busco ansiosamente; a minha alma tem sede de ti; meu corpo te almeja, como terra árida, exausta, sem água”.

Uma das coisas maravilhosas que percebemos quando lemos os Salmos de Davi, é o fato de que aquilo que ele escreve não foi o resultado de algo que ele filosofou, imaginou ou viu acontecer com outras pessoas, mas tudo era o resultado das suas próprias experiências e das necessidades de sua alma diante do Senhor.
É impressionante sabermos que naquele tempo Davi não tinha uma Igreja ou a Bíblia como nós temos hoje, para facilitar sua comunhão com o Senhor e a satisfação de suas necessidades espirituais. Mas ele tinha que buscar sozinho as suas próprias experiências e alimentar sua vida espiritual e mantê-la, pois isso era importantíssimo para ele.
O que Davi expressa neste versículo é o fato de o Senhor ser o seu Deus Forte, aquele que supre a necessidade do seu espírito, de sua alma e do seu corpo, mantendo-o vivo – o mesmo que Jesus faz por nós hoje, preparando-nos para a vida eterna.

 

· Ó Deus, tu és o meu Deus Forte... - As lutas de Davi eram gigantescas e suas aflições também; por isso ele precisava a cada instante da presença do Senhor na sua vida para lhe dar vitórias contra seus inimigos. Para que isso acontecesse Davi fazia do Senhor o seu “Deus Forte”. Certa vez, quando Davi retornou com seus homens a Siclague, encontrou a cidade incendiada e as mulheres e crianças haviam desaparecido. Diante daquele quadro os homens levantaram a voz e choraram e depois apanharam pedras para apedrejar a Davi, julgando que ele era o culpado por tudo aquilo. Naquele momento Davi buscou forças no Senhor seu Deus e, pedindo o éfode, consultou ao Senhor que o fortaleceu e concedeu livramento e vitória.

· Eu te busco ansiosamente... A ansiedade de Davi era sentida no seu espírito, pois a presença do Senhor em sua vida era vital. Ele não se descuidava dessa necessidade e era sensível ao Espírito de Deus. Quando ele se sentia distante do Senhor, logo tratava de buscá-lo para restaurar sua comunhão com Ele.

· A minha alma tem sede de ti... A vida da alma de Davi era o Senhor. Sua alma sentia sede da presença do Espírito Santo. Davi tinha a sensação permanente de que o Senhor precisava estar ao seu lado, transmitindo-lhe o refrigério e a vida, diante dos grandes embates da sua vida. Sem a presença do Senhor sua alma se inquietava e não achava paz.

· Meu corpo te almeja, como uma terra árida, exausta, sem água -  A sensibilidade de Davi ao Espírito do Senhor era tão profunda, que não somente o seu espírito e a sua alma sentiam necessidade da presença do Senhor, mas o seu corpo também. Em muitas ocasiões ele mencionou isso, pois a sua vida física e a sua saúde eram sustentadas pelo seu Deus Forte.
Tudo que Deus era para Davi naquele tempo, o Senhor Jesus é para sua Igreja hoje em dia. Ele é o nosso “Deus Forte”, aquele que nos fortalece nas nossas fraquezas e nos dá vitória nas nossas lutas e provações. O apóstolo Paulo ouviu o Senhor lhe dizer que o “Seu poder se aperfeiçoava nas suas fraquezas”, e isso tem acontecido conosco também.
A Igreja fiel sente a necessidade de buscar ao Senhor Jesus e viver em comunhão com Ele, pois isso é imprescindível para ela. As ansiedades que Igreja sente só são plenamente satisfeitas através da comunhão com o Espírito do Senhor Jesus, pois toda a sua necessidade é puramente espiritual.
A Igreja fiel tem sede do Deus Vivo. Essa sede aponta para a necessidade de nossos pensamentos e sentimentos estarem guardados pelo Senhor Jesus, trazendo paz ao nosso coração.

                                                                                                Filipenses 4: 7 



O Senhor Jesus é o nosso Deus Forte porque só Ele é a razão do nosso viver. Toda a nossa esperança e expectativa estão voltadas para o Senhor Jesus, que tem sustentado nosso espírito, alma e corpo para o dia do arrebatamento. I Tessalonicenses 5: 23

A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo; quando entrarei e me apresentarei ante a face de Deus?  

por Wallace Oliveira Cruz  
ibliaapalavradedeus@ymail.com