sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Eu sou a rosa de Sarom, o lírio dos vales

No verso 1 - ”Eu sou a rosa de Saron e o lírio dos vales” é como que uma advertência à igreja e isto se verifica quando se lê o verso seguinte, onde ele diz: ”Qual lírio (ele o é) entre os espinhos, assim é a igreja, a minha amada, minha amiga no mundo”.
“Vós sereis meus amigos se fizerdes o que vos mando.” Assim a igreja fiel é a amiga do Senhor, a noiva ela é inconfundível. Há, porém, outras igrejas que sem beleza, sem perfume estão cercando a igreja fiel, querendo matar nela o Espírito e assim ela se acha entre espinhos.
A rosa de Saron é simples, vermelha no seu tom certo, inconfundível - Jesus o Cristo vivo é rubro pelo sangue poderoso é Jesus vivo, não é um ser reencarnado, um profeta, um isto ou aquilo fabricado, moldado pelos homens, mas é aquilo que o Espírito revelou a Pedro. O Filho de Deus. João 6: 69
V. 2 - “Qual lírio entre os espinhos, tal é a minha amiga entre as filhas.”
- O Lírio dos Vales, simples, sem modificação, mas puro, santo, inconfundível. São sinais para que a igreja não confunda o Senhor com religiões, dogmas, etc. Vê-se isso claramente ainda no verso 3.
V. 3 - “Qual a macieira entre as árvores do bosque, tal é meu amado entre os filhos...”
- Qual macieira entre as árvores do bosque. O que destaca? A beleza do fruto, e seu perfume. Lendo Gálatas 5: 22, temos a relação dos frutos do Espírito - são perfeitos, não há leis para eles. Jesus é o alimento bom, gostoso para qualquer fraquinho.
Mateus 11: 28-29 - “Vinde a Mim todos os que estais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei” . Sua sombra oferece descanso. Salmos 91 é tão relacionado a isto - “aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará”
V. 4 - “Levou-me à sala do banquete...”
Sempre há banquete na mesa do Senhor. O filho pródigo afastou-se da casa do pai, e encontrou, e lembrou-se: na casa de meu pai há fartura, e isso foi confirmado; quando ele voltou, o pai preparou-lhe banquete. Cristo nos leva à sala, o convite d’Ele é “Vinde às bodas”, tudo já está preparado.