domingo, 6 de abril de 2014

A Dureza do Coração

Graça e paz.
É impressionante como a cada dia fica mais dificil conviver com as pessoas, ate pela internet, e isso, me refiro aos Cristãos. Voce quer ficar bem com todo mundo, então não fale nada, não expresse suas opiniões, pois senão haverão confrontos, chifradas e coices no rebanho. O amor é lindo até a hora que falamos a verdade e defendemos os mandamentos estabelecidos na palavra de Deus. Se nos posicionarmos pela verdade e sinceridade, então nos depararemos com a falta de tolerância, perdão, diálogo, retratação. Todos estamos sujeitos a errar. Mas devemos lutar para ultrapassar todas as barreiras de um cristianismo extremamente individualizado. Melhor mesmo é ficar calado, proclamar a palavra de Deus e guardar nossas experiências entre nós e  Deus, ou para aqueles que realmente querem partilhar da comunhão rica do corpo, num suportar e amar mutuo. Infelizmente chegamos no tempo em que Paulo falou a Timoteo - que chegaria um dia os homens não suportariam a sã doutrina, mas se desviariam em doutrinas e caminhos de morte. Chego a esta conclusão, que ficará muito raro a cada dia, a edificação através dos irmãos, e somente o Espírito Santo poderá limpar, disciplinar e adornar sua igreja, para a volta de Cristo, que se aproxima velozmente. Devemos continuar então, a entregar as pessoas, os familiares, os irmãos, e tudo nas mãos do sábio Senhor, que saberá como concluir a obra de salvação e santificação nas pessoas e na igreja. Que o Senhor nos conceda sabedoria, prudência, discernimento espiritual, como fala em provérbio 2, para de alguma forma, conforme a vontade e propósitos do nosso Pai, possamos fazer o bem a todos que estão com um coração alargado, desarmado e com sede de querer viver a verdadeira comunhão e unidade dos filhos de Deus nessa terra. Na paz de Cristo. - Dpc - 05.04.14