terça-feira, 22 de abril de 2014

Além da Letra: O Túmulo de Davi

O Túmulo de Davi



O rei Davi está sepultado no Monte Sião?

A resposta é muito clara: Não! Pois quase todos os reis de Judá foram sepultados no mesmo local dentro da cidade de Davi. Lemos pela primeira vez a respeito em primeira Reis 2.10, por ocasião da morte do rei Davi: "Davi descansou com seus pais e foi sepultado na cidade de Davi." A "Cidade de Davi" era a parte de Jerusalém que o próprio Davi havia conquistado dos jebuseus. Naquela época o Monte Sião, onde hoje é venerado o sepulcro de Davi, ficava completamente fora dos muros da cidade. Para os historiadores judeus sempre foi um problema explicar como era possível que sepulturas tivessem sido erigidas dentro da cidade, uma vez que um sepulcro é um local impuro e normalmente se localizava fora dos muros.

Provavelmente o sepultamento fora dos muros da cidade ainda não era uma lei rígida, principalmente por se tratar do rei e sua casa. Além disso, naquela época era costume geral na região oriental do mar Mediterrâneo, sepultar os reis dentro dos muros de sua capital, em muitos casos até mesmo dentro dos palácios ou cidadelas.
Essa tradição de sepultamento dentro da cidade de Davi aparentemente se manteve (com algumas e
xceções) por toda a dinastia de Davi.


Mas onde dentro da cidade de Davi devem ser procurados os túmulos dos reis de Judá? Em Neemias 3.13-16 encontramos uma menção do túmulo de Davi que pode nos ajudar, pois essa passagem relata a construção dos muros da cidade e também menciona as Portas do Vale, do Monturo e da Fonte, o Tanque de Siloé, os jardins dos reis e dos degraus que descem da cidade de Davi , citando esses locais como delimitadores territoriais. Essa referência topográfica são razoavelmente conhecidas dos arqueólogos. Nos leigos conhecemos principalmente o Tanque de Siloé. No versículo dezesseis está a indicação mais importante para nós: "Depois dele, reparou Neemias, filho de Azbuque, maioral da metade do distrito de Betezur até defronte dos sepulcros de Davi, até o açude artificial..." Portanto, é aqui, bem próximo do ponto mais baixo da Cidade de Davi, que devemos buscar os sepulcros do rei.

O arqueólogo Raimund Weil Procurou por eles e, em uma escavação feita em 1913-1914 exatamente nesse local descrito, encontrou túmulos destruídos, mas ainda impresionantes, escavados nas rochas. Para a maioria dos arqueólogos esses sepulcros eram singelos demais para serem os sepulcros do grande rei Davi e de seus descendentes; por seu estilo arquitetônico eles não se encaixavam em sua concepção arqueológica. Entretanto, até o tempo do Novo Testamento o sepulcro de Davi ainda existia em Jerusalém, pois Pedro o menciona em seu discurso no dia de pentecostes: "Irmãos, seja-me permitido dizer-vos claramente a respeito da palavra de Davi, que ele morreu e foi sepultado, e o seu túmulo permanece entre nós até hoje" (At 2.29)

Portanto , o túmulo ainda existia, mas os restos mortais, não. Eles foram retirados do túmulo e espalhados pelos babilônicos e não foram mais recolhidos, sendo feitos esterco para o campo, como foi profetizado em Jeremias 8.1-2. Mas como santuários nacionais, aparentemente as sepulturas continuaram existindo até o segundo levante de judeu sob bar-kochba nos anos de 132-135 d.c. E então quando Jerusalém foi destruída por castigo (sendo reedificada posteriormente como a cidade romana Aelia captolina), juntamente com as ruínas ainda existentes do templo também os sepulcros foram destruídos por serem considerados monumentos nacionais judeus, para extinguir a ligação judaica com Jerusalém. No que diz a respeito dos sepulcros reais, os romanos realmente o conseguiram. 


Bendito seja o Nome!

Fonte de estudo: A Bíblia em Bytes, Bíblia Arqueológica 2013, Bíblia de Estudo Palavra Chave Hebraico e Grego, Bíblia Revista e Corrigida, Bíblia Defesa da Fé.




Bíblia a Palavra de Deus : O Túmulo de Davi

http://bibliaapalavradedeus.blogspot.com.br/2014/04/o-tumulo-de-davi.html






Além da Letra: O Túmulo de Davi: