terça-feira, 1 de julho de 2014

“O PARALÍTICO DE CAFARNAUM”

Jesus , durante seu ministério, estava sempre viajando ou indo de um lugar para outro. Entretanto, em um determinado dia, Jesus estava em casa, em Cafarnaum, quando correu a notícia da sua presença ali.
            - "Ajuntaram-se muitos" - Muitas pessoas estão em busca de Jesus, de ouvir palavras de conforto, por curiosidade, ou até mesmo para ver que benefícios podem ser alcançados ao estarem perto dEle.
            - Bloquearam a porta - A religião leva um grande número de pessoas para os mais diversos cominhos, dizendo que encontrarão a Jesus, mas suas doutrinas e seus ensinamentos errados bloqueiam a possibilidade do homem de alcançar a salvação (A Porta) e uma experiência mais profunda com o Senhor.
            - O paralítico - Um homem necessitado que vivia deitado em uma cama (possivelmente tetraplégico), que não podia andar (no caminho) ou movimentar-se (na Obra), mas ainda podia ouvir e ver as coisas que estavam acontecendo ao seu redor.
            - "Nisto vieram ALGUNS..." - A igreja fiel. Esta deseja levar o necessitado até o Senhor, não para que ele apenas veja Jesus, mas para que tenha uma experiência pessoal com Ele.
            - Os quatro homens - Os quatro passos que a igreja tem dado para levar o necessitado até o Senhor: a madrugada, o jejum, o culto ao meio dia e o convite.
            - A igreja sobe - como o caminho para levar o necessitado até Jesus está bloqueado pelas muitas doutrinas, que causam confusão, a igreja só tem uma forma de agir: "subir". Isto é feito através da oração, da obediência às orientações e do culto profético.
            - O buraco no telhado
                        - Só na revelação, eles descobriram o telhado exatamente onde Jesus estava.
                        - Foi feito de tal forma que pudessem entrar o homem e sua cama - o necessitado vai até Jesus com todos os seus problemas. O Senhor o recebe assim mesmo.
            - Chamaram a atenção de Jesus - Toda aquela movimentação certamente chamou a atenção do Senhor Jesus, enquanto estavam abrindo o telhado e descendo o enfermo. A igreja chama a atenção do Senhor, quando obedece às orientações e leva o necessitado até a presença do Senhor.
            - Desceram a cama até perto de Jesus - A casa estava lotada, mas perto do Senhor sempre há lugar para o necessitado.
            - "Vendo a fé deles..."- O senhor honra a fé dos seus servos e abençoa os visitantes.
            - "Perdoados estão os teus pecados..." - Para Jesus, muito mais importante era a salvação daquele homem do que a cura da sua enfermidade.
            - "Quem pode perdoar pecados, senão Deus?..."- Os religiosos não reconhecem Jesus como Deus e não acreditam na sua atuação.
            - "O que é mais fácil" - Para Jesus, curar era muito fácil, pois tantas vezes ele já havia feito o mesmo. Era fácil para quem já havia ressuscitado mortos curar um paralítico. Mas quando Ele disse "perdoados estão os teus pecados", Ele estava assumindo um compromisso de morrer por aquele homem. Isto era muito mais difícil.
            - "Levanta, toma o teu leito e anda"- a bênção completa. O Senhor não desaponta os seus servos, pois a bênção principal, a salvação, já havia sido recebida.
            - O homem sai livremente, com sua cama - Depois que o homem tem uma experiência com Jesus, o caminho fica livre para ele ir sempre ao Senhor.
            Apesar das confusões que a religião cria, bloqueando o caminho de muitos para chegar até Jesus, a igreja tem a Revelação de como levar o necessitado até Ele. Basta apenas o homem abrir o seu coração, entender que a benção da salvação é a maior e mais importante bênção que ele pode receber, e desfrutar da possibilidade de uma experiência pessoal e constante com o Senhor, sem impedimento algum.